Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Governador reafirma apoio a soluções tecnológicas na agricultura

16 de julho de 2020 às 07:22
Carlos Massa Ratinho Junior gravou mensagem para o lançamento da Feira Digital Agro 2021, organizado pela Cooperativa Frísia. O evento será no próximo ano, entre 13 e 15 de julho, em Curitiba.

Imagem: AENPR

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quarta-feira (15) do lançamento virtual da Feira Digital Agro 2021, organizada pela Cooperativa Frísia, de Carambeí. O evento será no próximo ano, entre 13 e 15 de julho, no Expo Barigui, em Curitiba.

“Todos sabemos que a agricultura está saindo cada vez mais da enxada e indo para os computadores, os smartphones”, afirmou o governador em mensagem gravada, na qual reforçou o apoio do Estado na realização da feira. “O Paraná vai acompanhar essa evolução, particularmente com startups ligadas ao agronegócio e buscando novas soluções tecnológicas”, disse Ratinho Junior.

Ele afirmou que o compromisso do Governo com o Estado e com o agronegócio é levar cada vez mais tecnologia ao campo. “O protagonismo do Paraná só vai se consolidar ainda mais se a tecnologia estiver dentro de cada propriedade, seja ela pequena, média ou grande, dando amparo para potencializar cada vez mais a nossa produção e industrializando essa produção do campo”, disse.

PROTAGONISMO – O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, ressaltou que ficou para trás o tempo em que o País apenas importava comida. “Hoje o Brasil é protagonista e vai ser muito mais do que é hoje se a gente continuar nesse ritmo”, disse. “Estamos produzindo coisas que o mundo precisa e que atendem os requisitos nutricionais.”

Segundo ele, a agricultura vive uma terceira revolução, que tem muito a ver com a biotecnologia, genômica, digitalização e nova mecanização. “Temos de pensar o amanhã, pensar fora da casinha, pensar o novo normal, nos reinventar, dar vazão a pensamentos e investir nas dezenas de startups que temos aqui, para ser mais eficiente, mais racional”, disse.“Temos de fazer uma agricultura de mais resultados com menos recursos.”

NOVO NORMAL – O presidente da Celepar, Leandro Moura, também participou do evento, que teve uma mesa de discussão sobre O Novo Normal do Agro. Segundo ele, a pandemia mostrou uma nova forma de fazer negócios, principalmente por parte das pessoas que foram levadas a conhecer o teletrabalho.

“A máquina pública precisa evoluir, precisa modernizar, informatizar, e graças ao trabalho que vínhamos fazendo de digitalização do Estado, em muitos setores conseguimos minimizar os impactos colocando serviços disponíveis para a população em portais”, afirmou.

Ele reforçou que, com a pandemia, as pessoas precisaram ser inventar e aprender a consumir tecnologia. “Estamos formando o cidadão 4.0”, disse.

Fonte: AENPR