Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Operário vence, encosta no G4 e afunda Oeste na lanterna da Série B

6 de outubro de 2020 às 07:41
Com o resultado, o Operário subiu três posições e ficou na sexta colocação, com 21 pontos, contra 22 de Chapecoense, Juventude e Paraná, todos dentro do G4.

Foto: Alex Caús

Com grande atuação do goleiro Thiago Braga, o Operário-PR derrotou o Oeste por 1 a 0, na noite desta segunda-feira, na Arena Barueri, na abertura da 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Assim, o time de Ponta Grossa deu um fim em uma sequência de quatro jogos sem vitória.

Com o resultado, o Operário subiu três posições e ficou na sexta colocação, com 21 pontos, contra 22 de Chapecoense, Juventude e Paraná, todos dentro do G4. O Oeste, por outro lado, sofreu a quinta derrota consecutiva e seguiu na lanterna, com seis.

O jogo começou travado e sem muitas emoções. O Oeste teve um pouco mais de posse de bola, mas era o Operário que mais ameaçava. Aos 23 minutos, Alex Silva cruzou rasteiro e Clayton parou em uma grande defesa do goleiro Luiz. Na segunda tentativa, o meia marcou. Ele tabelou com Marcelo e só teve o trabalho, de dentro da área, de empurrar para o fundo das redes.

Após o gol, o Oeste teve de sair do campo de defesa e começou a assustar. Aos 36 minutos, Mazinho fez linda jogada e chutou para a defesa de Thiago Braga. O time paulista ameaçou uma pressão nos minutos finais, mas o clube de Ponta Grossa se segurou, fez a bola rodar e acabou segurando a vantagem parcial.

No segundo tempo, o Oeste subiu as linhas e jogou no campo defensivo do Operário. Logo no minuto inicial, Mazinho apareceu de frente para o gol e, de chapa, mandou rente à trave. A pressão continuou. Após cobrança de escanteio, Éder Sciola exigiu boa defesa de Thiago Braga.

A estrela do goleiro do Operário continuou brilhando. Kauã resolveu arriscar de fora da área e, novamente, viu Thiago Braga crescer e fazer a defesa. Apesar de estar mais recuado, o Operário não se abdicou do ataque. Jefinho tentou e carimbou o lateral Éder Sciola. Na sobra, Douglas Coutinho jogou para fora. No fim, o Oeste cansou e não teve mais ímpeto para pressionar o Operário, que apenas deixou o tempo passar para quebrar uma sequência negativa na Série B.

Na próxima rodada, o Operário enfrenta o Confiança na sexta-feira, às 16h30, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. No domingo, ás 16h, o Oeste recebe o Cruzeiro na Arena Barueri.

FICHA TÉCNICA

OESTE 0 X 1 OPERÁRIO

OESTE – Luiz; Éder Sciola, Renan Fonseca, Caetano e Gustavo Salomão; Betinho (De Paula), Yuri, Caio (Rael), Marlon (Kauã) e Mazinho; Welliton (Madson). Técnico: Thiago Carpini.

OPERÁRIO-PR – Thiago Braga; Alex Silva, Ricardo Silva, Reniê e Fabiano; Mazinho (Tomas Bastos), Pedro Ken, Clayton (Douglas Coutinho) e Marcelo (Jorge Jiménez); Rafael Chorão (Maranhão) e Jefinho (Schumacher). Técnico: Gustavo Gusmão.

GOLS – Clayton, aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Luiz Paulo de Moura Pinheiro (MT).

CARTÕES AMARELOS – Renan Fonseca (Oeste); Alex Silva e Pedro Ken (Operário-PR).

LOCAL – Arena Barueri, em Barueri (SP).

Fonte: Bem Paraná