Campanha de vacinação contra a poliomielite encerra neste mês.

20 de novembro de 2020 às 17:05

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para as Estado até 30 de novembro. A imunização no Paraná começou em 28 de setembro, uma semana antes da campanha nacional, e terminaria em 30 de outubro, mas foi prorrogada. A vacina é a única forma de prevenção contra a doença.

A vacina contra a pólio faz parte do calendário nacional de imunização e está incluída na rotina dos postos de saúde, mas é importante que as crianças sejam vacinadas neste momento para que o Estado tenha homogeneidade na imunização.

“Uma cobertura vacinal maior e homogênea das crianças neste momento é fundamental. Vivemos a pandemia da Covid-19, com números elevados, mas temos por outro lado as vacinas disponibilizadas pela rede estadual e que protegem contra várias outras doenças, como a pólio, que é a paralisia infantil”, afirmou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

“Antecipamos o início da campanha no Estado e agora estendemos o prazo para dar mais oportunidade aos pais e responsáveis de levarem as crianças aos postos de vacinação em seus municípios. Todos estão abastecidos, com profissionais preparados para receber o público-alvo, seguindo os protocolos de segurança estabelecidos durante a pandemia”, destacou o secretário.

A poliomielite é contagiosa, aguda e grave. As sequelas estão relacionadas à infecção da medula e do cérebro pelo poliovírus. As principais são paralisia de membros inferiores; problemas e dores nas articulações; paralisia dos músculos da fala e da deglutição, atrofia muscular e osteoporose, entre  outros.

O Paraná não registra casos da doença desde 1.986 e o Brasil teve o último em 1.989. “Mas temos o vírus ainda circulando em outras partes do  mundo e sabemos que, caso não haja uma cobertura efetiva, o risco de contaminação das crianças é iminente”, disse diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes.

COBERTURA – Até o momento, o Paraná atingiu a cobertura vacinal de 74,63% do público-alvo, que é de 583.962 crianças

“Precisamos chegar a um índice de 95% para termos a segurança de que as crianças paranaenses estão realmente protegidas. Por isso fazemos um apelo aos pais que levem os filhos aos postos para garantirmos a prevenção de todos” explicou a chefe do Programa Estadual de Imunização, Vera Rita da Maia.

“As atividades escolares estão sendo retomadas gradativamente e paralelo ao esquema de prevenção contra a Covid-19, com medidas de higienização das escolas e também de proteção pessoal, como uso de máscaras e de álcool gel nas mãos, é necessário levar as crianças até os postos de saúde para a atualização da caderneta de vacinação”, explica Rita.

Prudentópolis
21º
Tempo nublado
Ponta Grossa
21º
Parcialmente nublado
Guarapuava
20º
Tempo nublado
Curitiba
22º
Tempo limpo
Londrina
27º
Tempo limpo
União da Vitória
20º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr. Lademiro Petriw, popularmente conhecido como “Ladio”.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antenor Marconato aos 71 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Otávio Swaretz aos 58 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Ana Dobrowolski Kaminski.
  • Ação por ato de improbidade administrativa proposta pelo MP resulta na condenação de vereador de Guarapuava à perda do cargo
  • É amanhã, Super Sexta OdontoTop! Todas as unidades do Hospital do Dente estarão abertas até meia-noite, sem fechar ao meio-dia.
  • Encontro de delegados da Receita Estadual aborda reforma tributária e conformidade fiscal
  • Transparência e agilidade nos serviços: Adapar lança sistemas de Business Intelligence
  • VBP Agropecuário do Paraná cresce 11% em 2023 e alcança R$ 197,8 bilhões
  • Emissão de notas fiscais cresce quase 10% em um ano no Paraná