Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Athletico luta até o fim, empata com o River Plate e decide a vaga na Argentina.

25 de novembro de 2020 às 08:15
Furacão terá que vencer ou empatar por pelo menos dois gols para seguir na Libertadores.

O Athletico lutou até o final, ficou no empate em 1 a 1 com o River Plate e terá que decidir na Argentina a vaga nas quartas de final da Libertadores. Guilherme Bissoli colocou o Rubro-Negro na frente aos 12 minutos do segundo tempo, mas Paulo Díaz empatou já nos acréscimos.

Com o resultado, o Athletico precisa vencer a partida de volta na próxima terça-feira (01º), às 19h15, em Buenos Aires, ou empatar por no mínimo dois gols de diferença para seguir na Libertadores. Em caso de empate sem gols, a classificação é do time argentino.

O jogo

Muito desfalcado por conta da Covid-19, o Athletico teve diversas novidades na escalação, entre elas o goleiro Bento, que realizou sua primeira partida profissional, e o jovem lateral-esquerdo João Victor. Com bola rolando, o Athletico tentou uma pressão inicial e perdeu uma grande chance logo aos três minutos. Renato Kayzer ajeitou a bola para o meio da área e Richard, praticamente da marca do pênalti, isolou por cima do gol.

O River Plate cresceu durante a primeira etapa e apostou nas jogadas em velocidade para levar perigo ao time athleticano. Aos 13 minutos, Matías Suárez recebeu na frente da marcação e foi travado por Pedro Henrique na hora da finalização. Já aos 31, a equipe argentino quase marcou na bola parada, mas Bento salvou a cabeçada de Paulo Díaz.

No intervalo, o técnico Paulo Autuori mudou o ataque com as entradas de Walter e Guilherme Bissoli nas vagas de Renato Kayzer e Carlos Eduardo. As trocas surtiram efeito e resultaram no gol rubro-negra. Aos 12 minutos, Erick tocou para Walter, que deixou a bola passar e deixou Bissoli livre na entrada da área. O atacante ajeitou com tranquilidade e chutou no canto direito do gol defendido por Armani.

O clima de alívio no Athletico durou pouco tempo devido ao cartão vermelho recebido pelo atacante Reinaldo. Com um jogador a mais, o jogo virou ataque do River Plate contra defesa do Furacão. Aos 39 minutos, Matias Suárez aproveitou cruzamento na área e acertou o travessão.

De tanto pressionar, o River Plate chegou ao empate já nos acréscimos. Após cobrança de escanteio para o meio da área, Paulo Díaz subiu mais que Lucho González e cabeceou no ângulo esquerdo para deixar tudo igual.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 1X1 RIVER PLATE

Data: Terça-feira, 24 de novembro de 2020
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Horário: 19h15
Árbitro: Andrés Rojas (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Dionisio Ruiz (COL)
Árbitro de Vídeo: Nicolas Gallo (COL)

Athletico: Bento; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e João Victor (Felipe Aguilar); Wellington, Richard (Lucho González) e Léo Cittadini; Carlos Eduardo (Walter), Renato Kayzer (Guilherme Bissoli) e Reinaldo.
Técnico: Paulo Autuori.

River Plate: Armani; Montiel, Paulo Díaz, Pinola e Casco (Lucas Pratto); Enzo Pérez; Sosa, Nacho Fernández e De La Cruz (Carrascal); Matías Suárez e Borré (Julian Alvarez).
Técnico: Marcelo Gallardo.

Gols: Guilherme Bissoli (CAP), aos 12′ do segundo tempo, e Paulo Díaz (RIV), aos 45′ do segundo tempo.
Cartões amarelos:
 Léo Cittadini e Carlos Eduardo (CAP); Enzo Pérez e Montiel (RIV).
Cartão vermelho: Reinaldo (CAP).

FONTE Banda B.