Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Azuriz Pato Branco é o campeão da divisão de acesso do paranaense

2 de dezembro de 2020 às 17:54
Time com apenas dois anos coloca Pato Branco entre as cidades com titulo paranaense no futebol.

Foto: Azuriz Pato Branco

A equipe do Azuriz Pato Branco surpreendeu o Maringá na tarde desta quarta-feira (2), em pleno estádio Willie Davids, fez 3 a 0 e comemorou o título do Campeonato Paranaense da 2ª Divisão. No próximo ano, o Azuriz vai disputar a 1ª Divisão, quando irá enfrentar Athletico, Coritiba, Paraná Clube, entre outras equipes.

Como havia perdido o primeiro jogo, por 1 a 0, o Azuriz precisava da vitória e começou pressionando. Eydison foi lançado na área, mas não conseguiu finalizar. O Maringá deu o troco em bola lançada na área, que Saraiva bateu e Dida praticou excelente defesa. O representante de Pato Branco chegou a marcar com Samuel, mas estava impedido. Cruzamento da esquerda e Eydison cabeceou e a bola passou rente à trave. Patrickão finalizou e a zaga salvou o Maringá.  A equipe da casa teve uma falta próxima da área. Saraiva bateu para fora. Juan fez boa jogada e foi derrubada, falta para o Azuriz. Neuton lançou na área e a bola passou por vários jogadores e foi para fora. Falta para o Maringá na entrada da área. Neves cobrou e a bola foi para fora. Parrudo bateu cruzado e Dida defendeu. O Azuriz chegou bem pela direita com cruzamento de Eydison para o cabeceio de Resende, mas Guilherme Santos defendeu.

No segundo tempo, o Maringá, que tinha a vantagem do empate, continuou com forte marcação. O Azuriz levou perigo em finalizações de Bosel e Eydison, ambas para fora.  No Maringá, Mirandinha fez boa jogada, mas quando pesou em finalizar perdeu a bola para Neuton. Depois Lucas chutou e a bola passou rente à trave. O técnico Reginaldo Vital mexeu bem na equipe do Azuriz, quando Eydison recebeu lançamento e tocou na saída do goleiro Guilherme Santos, 1 a 0. O Maringá foi para o ataque e Bosel tomou a bola e lançou para João Vitor, que tinha acabado de entrar no jogo, fazer 2 a 0. A equipe de Maringá precisava fazer um gol para levar a decisão para os pênaltis e foi para o ataque. Marlon bateu de dentro da área e Dida defendeu. Neuton fez falta e foi expulso. Mirandinha cobrou e Dida defendeu. O Azuriz armou um contra-ataque e João Vitor foi derrubado dentro da área, pênalti. Patrick cobrou e fez 3 a 0, já nos acréscimos, garantindo o título.

Fonte: Diário do Sudoeste