Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Evento online comemorará centenário de Clarice Lispector

9 de dezembro de 2020 às 10:08
A palestra Vida e Obra de Clarice Lispector é uma realização da Unicentro e da Representação Central Ucraniano Brasileira, presidida por Vitório Sorotiuk.

Imagem: Divulgação

No dia 10 de dezembro, Clarice Lispector completaria 100 anos de idade. A escritora, de origem ucraniana e naturalizada brasileira, foi uma das mais importantes para a nossa literatura durante o século XX. Por isso, a Unicentro resolveu aproveitar a data para compartilhar estudos sobre a vida e a obra da autora. Por meio do Nees, que é o Núcleo de Estudos Eslavos, a universidade convida a todos para a celebração do centenário de nascimento de Clarice Lispector, em um evento online, que será transmitido pelo YouTube, a partir das 19h desta quinta-feira.

Membro da comissão organizadora do evento e também integrante do Nees, o professor Edson Santos Silva comenta que, a partir de Clarice, podemos observar como alguns aspectos da cultura ucraniana se manifestam no Brasil. “A Unicentro Irati está localizada numa região tipicamente eslava. Portanto, é de bom tom que eventos como esse aconteçam para mostrar que Brasil e Ucrânia têm elementos comuns, como uma cultura farta em música, dança, etc. Além disso, a Unicentro Irati alberga o Núcleo de Estudos Eslavos, que tem uma longa vida, de quase dez anos de projeto, e eu acredito que um evento como esse fortalece o Núcleo, a literatura brasileira e também a literatura ucraniana”.

O tributo da Unicentro ao centenário de Clarice Lispector vai contar com uma palestra da maior pesquisadora brasileira acerca da obra e vida da autora – a professora Nadia Battela Gotlib, da USP,que é a Universidade de São Paulo. Nadia é autora das obras “Clarice: uma vida que se conta”, “Clarice fotobiografia” e “Retratos em Clarice Lispector: literatura, pintura e fotografia”.

A literatura dela é uma literatura que privilegia personagens mulheres. Existe um personagem protagonista homem, o Martim, no romance A maçã no escuro. Mas na maioria são personagens mulheres, às vezes da classe média, ou da classe alta, às vezes da classe baixa. Também são personagens de diversas idades – crianças, adolescentes, adultas e idosas. Ela tem a capacidade de cativar, de prender o público leitor. Ela consegue conduzir o leitor sem nem que ele se dê conta para onde ele está indo. Eu acho que, em termos de estratégia narrativa, ela tem seus recursos e acaba nos conquistando”, adianta a convidada algumas das características dos escritos de Clarice, que serão abordadas com mais detalhes durante a sua fala no evento da Unicentro.

Clarice Lispector escreveu em diversos gêneros textuais. Sua obra inclui romances, contos, crônicas e artigos em jornais e revistas, atuando também como entrevistadora. Seus principais livros foram A Hora da Estrela, A Paixão Segundo G.H. e Perto do Coração Selvagem. A escritora é também reconhecida internacionalmente, tendo, em 2010, 185 traduções de seus livros publicados no exterior. O professor Edson, da organização do evento,acredita que, durante a palestra, a pesquisadora convidada conseguirá ajudar o público a explorar a magnitude da obra de Clarice. “Há muitos mitos em relação a escrita da Clarice, como é uma escritora hermética, é uma escritora difícil, mas eu tenho certeza que a professora Nadia Battella Gotlib vai mostrar que não é bem assim. A Nadia é um fenômeno, é uma estudiosa séria, de prestígio, reconhecida internacionalmente, e que fala de Clarice com muita leveza. Então, eu sugeriria que aproveitem e já marquem no caderno essa data maravilhosa e preparem a melhor roupa – fiquem belos para que a alma se alimente dessa grande obra que é a obra da Clarice Lispector”, convida o professor Edson.

A palestra Vida e Obra de Clarice Lispector é uma realização da Unicentro e da Representação Central Ucraniano Brasileira, presidida por Vitório Sorotiuk. “Essa data é comemorada por todos os amantes da literatura do Brasil e também pela comunidade ucraniana, como pela comunidade judaica. É importante para demonstrar que a Ucrânia é um país multiétnico e multicultural, porque além dos ucranianos étnicos em 75%, a Ucrânia também foi habitada pela comunidade judaica, pelos gregos, por ciganos, por poloneses, por russos. São muitas etnias compondo aproximadamente 15% da população ucraniana. Neste sentido, é muito importante porque a Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, lá atrás, e mostra essa multiculturalidade da Ucrânia”.

O tributo da Unicentro ao centenário de Clarice Lispector tem início às 19h desta quinta-feira, 10 de dezembro, e poderá ser acompanhado através da transmissão no canal do YouTube da Coordenadoria de Tecnologia e Informação do Campus Irati.

Fonte: Unicentro