Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

UOL expõem casal de Ponta Grossa que combate sites de fake news

14 de dezembro de 2020 às 16:43
A estratégia é desmonetizar sites alertando os anunciantes sobre a ligação da sua marca com fake news.

A colunista Mônica Bergamo e o jornalista Ivan Finotti, da Folha de S. Paulo / UOL, revelaram neste domingo (13) a identidade do casal de Ponta Grossa que fundou a Sleeping Giants Brasil (SGB), braço do grupo que nasceu nos Estados Unidos para combater sites de extrema direita que publicam fake news e propagam a cultura do ódio.

A estratégia é desmonetizar esses sites alertando os anunciantes sobre a ligação da sua marca com fake news. Isso é feito por meio de publicação nas redes sociais do SGB, Instagram e Twiiter. O constrangimento ou a discordância em relação aos conteúdos do site acabam fazendo com que a empresa deixe de anunciar. Já há resultados expressivos no Brasil.

O jovem casal de Ponta Grossa é formado por dois estudantes de Direito, Leonardo de Carvalho Leal e Mayara Stelle. Eles têm 22 anos, moram com os pais e namoram desde os 15 anos. Passaram a integrar o grupo internacional Sleeping Giants em maio deste ano, no início da pandemia. Ela era cabeleireira e ele motorista de aplicativo.

Os dois contam com o apoio da Rede Liberdade, que reúne advogados e jornalistas e, segundo a reportagem publicada no UOL e na Folha de S. Paulo, eles vivem atualmente com o auxílio emergencial. O primeiro alvo do SGB foi o Jornal da Cidade Online, que teria sofrido a retirada de 250 empresas, que foram expostas nas redes do casal.

O SGB calcula que tenham retirado de três sites e dois canais anúncios de cerca de 700 empresas, que foram desmonetizadas em cerca de R$ 1,5 milhão. O Twiiter e o Instagram administrados pelos dois jovens de Ponta Grossa têm 580 mil seguidores. O Jornal da Cidade Online está processando Leonardo e Mayara.

A revelação da identidade dos dois não é consensual entre eles e familiares, pois dessa forma perderam o escudo que os protegia de ameaças. Em longa entrevista publicada neste domingo eles falam sobre o trabalho, garantem que não há nenhum patrocinador na retaguarda e contam como descobriram o Sleeping Giants. Confira.

Fonte: Walter Téle Menechino, com informações e imagem do UOL / Folha de S. Paulo.