Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Vereadores tomam posse e elegem Lucas Sanches como novo presidente

4 de janeiro de 2021 às 13:08
Ao se pronunciar, Lucas agradeceu aos colegas vereadores pelo apoio nesta oportunidade, desejando a todos votos de próspero ano novo, e comemorações alegres e saudáveis, na paz de deus, desta data de confraternização universal.

A nova legislatura 2021 a 2024 da Câmara Municipal de Prudentópolis tomou posse em Sessão Solene realizada às 10 horas do dia primeiro de janeiro de 2021, sexta-feira,  no Plenário da câmara, com acesso às dependências restritas ao público em virtude da Covid-19.

Conforme rege a nossa a lei maior, a Lei Orgânica Municipal, em seu artigo décimo quarto, no primeiro ano de cada legislatura, no dia primeiro de Janeiro, na sessão de instalação, Independente de número, sob a presidência do mais votado dentre os eleitos, os vereadores prestarão o compromisso e tomarão posse.

Conforme o resultado do pleito, o Vereador Lucas Augusto Thomé Sanches, do DEM, foi o mais votado, conquistando 1394 votos e, dessa forma, teve a incumbência de presidir a sessão provisoriamente e dar posse aos seus colegas. Inicialmente, após a saudação aos presentes, convidou o Bispo Dom Meron Mazur, da Eparquia Imaculada Conceição do Rito Ucraniano, para fazer uma oração  e abençoar o ato.

Na sequência, prestou o juramento constitucional em Tribuna, e contando com a secretaria adhoc do Vereador Eder Marlon Shwab, especialmente designado para assessorar os trabalhos nesta sessão, convocou os demais vereadores a prestar o juramento, os quais foram chamados nominalmente pelo secretário para, em pé, com a mão direita estendida, proclamar a frase “Assim o prometo”.

O Vereador Elder Pontarollo Júnior, do DEM, não compareceu à sessão, por motivos pessoais justificados, e, deve ser empossado em ato próprio da câmara, no próximo período.

Após dar posse, o Presidente Lucas Sanches abriu espaço para registro de chapas concorrentes à eleição para a nova Mesa Diretora da Câmara, que regerá os destinos da casa pelos próximos dois anos, sendo composta do presidente; vice-presidente; primeiro e segundo secretários.

Apenas uma chapa foi registrada ao pleito; “Renova Prudentópolis”: composta por Lucas Augusto Thomé Sanches (DEM), presidente; Luiz Felipe Daciuk (DEM), vice-presidente; Eder Marlon Shwab (PSDB), primeiro secretário; Claudinei Beló (PSB), segundo secretário.

Aberto o processo de votação, conforme a legislação determina, com a chamada nominal e o voto aberto, foram registrados onze votos favoráveis à chapa Renova Prudentópolis, um voto contrário do Vereador Iroslau Woruby e uma ausência, do Vereador Elder Pontarollo Júnior, ficando assim, portanto, eleito para o mandato de dois anos à frente da Presidência do Legislativo Municipal, o Vereador Lucas Sanches, do DEM.

Após a proclamação do resultado, os novos componentes da mesa tomaram assento aos seus lugares, e foi iniciado com o ato de posse do prefeito e vice prefeito, pelo presidente.

Os vereadores Lademiro Budnik e Ambrósio Dhove, foram designados pelo presidente para conduzirem ao Plenário o novo Prefeito Municipal de Prudentópolis, Osnei Stadler e o novo Vice Prefeito Municipal, Evaldo Hofmann Júnior, os quais prestaram juramento constitucional em Tribuna e foram declarados empossados aos cargos.

O Vereador Maurício Bosak falou em nome do Poder Legislativo Municipal, sobre grande missão do vereador em defender os direitos do cidadão junto aos poderes constituídos, e a fundamental tarefa de elaborar leis que vão ao encontro dos anseios da comunidade.

Por sua vez, o Prefeito Osnei, ao falar em Tribuna, fez um apanhado de sua missão na sucessão do prefeito Adelmo, assumindo uma administração renovada e saneada, com saldo positivo em contas, finanças em dia, frota renovada.

“Mas temos um grande desafio em manter essa mesma condição, diante da situação do Covid, onde a partir deste ano é que as suas consequências terão impacto na vida de todos”, destacou.

Ao se pronunciar, Lucas agradeceu aos colegas vereadores pelo apoio nesta oportunidade, desejando a todos votos de próspero ano novo, e comemorações alegres e saudáveis, na paz de deus, desta data de confraternização universal.

Disse aos colegas vereadores, que honrará  com a função para a qual foi eleito, , salientando que terão seu respeito e atenção de modo especial, sem distinção, já que respeita a democracia e o direito de manifestação.

Quer administrar esta casa de leis de modo correto, simples, com respeito ao dinheiro público acima de tudo, valorizando a aplicação dos recursos, direcionando ações voltadas à valorização do vereador, respeitando o cidadão, procurando defender seus anseios e problemas, suas reivindicações e busca de melhoria de qualidade de vida.

Pretende trabalhar junto aos órgãos públicos e ao executivo municipal, mas ‘distorções e sejam seguidos os princípios básicos da administração pública, em respeito ao cidadão, na busca de seus direitos e questões básicas. Informou que as atividades funcionais da câmara permanecem inalteradas neste período, no entanto, comunicou que devido ao recesso parlamentar de final de ano, conforme determina a lei, as atividades plenárias que abrem o primeiro período ordinário de sessões se inicia em 02 de fevereiro, segunda-feira, às 18h30min, no horário regimental, para o qual os senhores vereadores ficaram previamente convocados.

Os novos componentes do Legislativo Municipal, com os 13 vereadores eleitos para a legislatura 2021 a 2024 com os seus respectivos partidos políticos e coligações, seguindo-se pela ordem de votação das eleições municipais são:

Vereador Lucas Augusto Thomé Sanches , eleito pelo (DEM) com 1.394 votos – 4,89%;  Vereador Eder Marlon Schwab, eleito pelo (PSDB), com 1.261 votos – 4,42%;  Vereador Claudio Michalczuk, eleito pelo  (PSDB), com  – 989 votos – 3,47%;  Vereador  Elder Pontarollo Junior, eleito pelo (DEM), com – 875 votos – 3,07%;  Vereador Adão kostecki Primo, eleito pelo  (PSDB), com  – 841 votos – 2,95%;  Vereador Claudinei Belo, eleito pelo (PSB), com – 812 votos – 2,85%;  Vereador Ambrosio Dovhi, eleito pelo (PDT) – 773 votos – 2,71%;  Vereador Joacir Bobato, eleito pelo (PSD) – 721 votos – 2,53%; Vereador Felipe Daciuk, eleito pelo (DEM) – 713 votos – 2,50%;  Vereador Iroslau Woruby, eleito pelo (PSDB) – 699 votos – 2,45%;  Vereador Lademiro Budnik, eleito pelo (PV) – 641 votos – 2,25%;  Vereador Carlos Alberto Wolski, eleito pelo (PSL) – 541 votos – 1,90%;  Vereador Mauricio Bosak, eleito pelo (DEM) – 537 votos – 1,88%;