Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Coritiba e Athletico ficam no empate sem gols e veem seus sonhos mais distantes

10 de janeiro de 2021 às 10:35
Com o resultado, o Coritiba segue na lanterna do Brasileirão, agora com 22 pontos. Já o Athletico estaciona no 10° lugar, com 38 pontos.

Foto: Matheus Sebenello/NeoPhoto

Coritiba e Athletico ficaram no empate sem gols na noite deste sábado, no Couto Pereira, pela 29ª rodada do Brasileirão. O resultado é ruim para os dois times. O Coxa se complica ainda mais na luta contra o rebaixamento, e o Furacão fica distante de uma vaga na Libertadores de 2021. Lanterna, o Coritiba até criou as melhores chances, mas pecou na pontaria e parou na trave. O Furacão terminou o jogo com apenas uma finalização a gol e perdeu o embalo após as três vitórias seguidas.

Com o resultado, o Coritiba segue na lanterna do Brasileirão, agora com 22 pontos. O próximo desafio do Coxa será contra o Vasco. O jogo da 30ª rodada está marcado para sábado, às 21h, em São Januário.

O Athletico estaciona no 10° lugar, com 38 pontos. O Furacão, porém, pode ser ultrapassado pelo Ceará no complemento da rodada. A próxima partida será contra o São Paulo, às 16h de domingo, na Arena da Baixada.

Primeiro tempo

Com Gustavo Morínigo na arquibancada, já que ele não teve o nome publicado no BID, o Coritiba iniciou o jogo no 4-2-3-1, com Sarrafiore, Cerutti, Robson e Ricardo Oliveira na frente. Pressionado pelos nove jogos sem vencer, o Coxa partiu para cima, aproveitou os espaços deixados pelo rival e criou as melhores chances. Em uma, Sarrafiore soltou a bomba, e Santos salvou. Em outra, Robson bateu, a bola desviou, e Santos deu um tapa para escanteio. Já o Athletico, com Fernando Canesin e Lucho González apagados, não conseguia criar, tanto que o Furacão finalizou pela primeira e única vez aos 45, com Richard de fora da área.

Segundo tempo

Paulo Autuori colocou Christian no lugar do apagadíssimo Lucho, mas o cenário não mudou muito. O Athletico tinha a posse, mas não conseguia criar. O Coritiba, inclusive, criou a melhor chance no início. Após o Furacão errar na saída de bola, Robson soltou a bomba de longe e mandou na trave. O ritmo do jogo, que já era baixo, caiu ainda mais com o tempo. O Athletico erra muitos passes na saída de bola e não conseguir criar. O Coritiba até rondava a área rubro-negra, mas só ameaçada de fora. Sarrafiore, por exemplo, mandou pertinho da trave. No fim, um empate ruim para os dois times em um jogo péssimo para os torcedores.

Fonte: GEPR