Dia 22 de janeiro se comemora a unificação da Ucrânia

22 de janeiro de 2021 às 15:30
Estamos em período de pandemia e não temos como realizar reuniões e encontros nesse período. Por isso a Representação Central Ucraniano Brasileira propõe à comunidade a seguinte forma de comemoração.
Ligue para um amigo ou parente da comunidade que é da parte Leste da Ucrânia se você tem origem no Oeste e se você vem da parte central ou do Leste ligue para alguém que tem origem no Oeste para saudar a unificação da Ucrânia.
A maior parte dos descendentes de ucranianos do Brasil vem da Halytchyna ( Galícia ) mas é grande o número de descendentes da região Central e Oeste.
Como Presidente da Representação Central, cuja origem familiar vem do Oeste, de Ternopil ( Seló Vertelka), gostaria de saudar o Bohdan Savytski – ex-Presidente do Subras – que vêm bem lá do leste e o ex-Presidente da RCUB Peter Jedyn que tem origem em Poltava.
Viva a unidade do povo ucraniano.
Vitório Sorotiuk
Presidente da Representação Central Ucraniano Brasileira
22 de janeiro – Dia de Unificação da Ucrânia
Essa data é comemorada na Ucrânia todo ano, no dia quando em 1919 foi anunciado o Ato de Unificação da Republica Ucraniana Popular com Republica Ucraniana Popular Ocidental.
Dividido por séculos o povo ucraniano libertou-se da escravidão estrangeira: os territórios do lado esquerdo do rio Dnipro, saído do domínio Russo e territórios do lado direito do rio Dnipro, saindo do domínio Austro-húngaro uniram-se num único estado ucraniano. O ato de unificação tornou-se um importante ato político, infelizmente não suficientemente estudado e compreendido até hoje.
Povo ucraniano não somente libertou-se de seus seculares ocupantes, mas sem muitas delongas uniu-se num único Estado – Ucrânia.
Em 22 de janeiro de 1919 Fedor Shvets leu solenemente o Universal do Diretório, exatamente um ano após a adoção o IV Universal que que proclamava solenemente a Plena Independência da República Popular da Ucrânia:
“A partir de agora, as partes da Ucrânia unida – Galiza, Bukovyna, Transcarpática e Ucrânia Dnieper, separadas umas das outras por séculos, se fundem em uma só. Sonhos eternos se tornaram realidade, pelos quais os melhores filhos da Ucrânia viveram e morreram. A partir de agora, existe apenas uma República Popular Ucraniana independente.
A partir de agora, o povo ucraniano é libertado por um poderoso impulso de suas próprias forças, eles têm a oportunidade de unir todos os esforços de seus filhos para criar um estado ucraniano indivisível e independente, para o bem e a felicidade do povo ucraniano”.
Essas palavras foram pronunciadas na praça Santa Sofia em Kyiv e o ato foi reconhecido por 24 paises do mundo, inclusive Rússia.
Mas devido às complexas situações políticas reinantes na Europa e especialmente complicada situação interna, a Republica Unificada não durou muito. Já duas semanas após proclamação, governo ucraniano teve, sob a pressão do Exercito Vermelho, deixar a capital Kyiv e mais tarde até o território ucraniano. Em alguns meses, os “bolcheviques” ocuparam Kyiv, os poloneses a Galícia Oriental, romenos a Bukovyna e os tchecos a Transcarpátia.
Apesar de ato de Unificação caracterizar-se como declarativo, ele ficou enraizado nas mentes e nos corações do povo ucraniano. A principal lição para o povo é que – A força de um povo está na união”. Inúmeros erros e derrotas, cometidas no passado, mostram que o maior valor para um povo é um país independente e unificado.
O ex-presidente Yushtchenko afirmou – “Nós devemos desenvolver os ideais do ato de 22 de janeiro. A nossa força está na União!” A Ucrânia unida e soberana hoje sofre o ataque da política imperialista de Vladimir Putin, que ocupou e anexou a Criméia, e que agride a Ucrânia no Leste buscando dividi-la. O Presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky disse em 23 de abril de 2020:
“Os ucranianos querem ser uma única nação e nunca iremos dividir o país.” Quem busca nos dividir é nosso inimigo, seja dividir a Ucrânia, seja dividir as comunidades onde quer que seja, jogando uns contra os outros.
Prudentópolis
11º
Tempo limpo
Ponta Grossa
11º
Tempo limpo
Guarapuava
11º
Parcialmente nublado
Curitiba
13º
Parcialmente nublado
Londrina
17º
Tempo limpo
União da Vitória
11º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra