Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Fiéis celebram o dia da Madre Anatólia Tecla Bodnar Serva de Deus

17 de fevereiro de 2021 às 11:34
Faleceu no dia 16 de fevereiro de 1956. Foi sepultada no cemitério da Paróquia de S. Josafat, em Prudentópolis, PR. Sua sepultura é visitada por inúmeros fiéis que alcançam graças pela sua intercessão.

Irmã Anatólia Tecla Bodnar nasceu em 29 de março de 1884, em Zhuzhelh, Ucrânia Ocidental. Batizada como Tecla, recebeu dos pais, Gregório e Pelágia, uma sólida educação cristã.

Ela tinha oito anos quando testemunhou a fundação da Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada em terras ucranianas. Em 1902, ingressou nа Congregação, adotando o nome de Anatólia. Ir. Anatólia foi uma das sete Irmãs pioneiras que chegaram ao Brasil em 1911 e aqui consagrou-se totalmente servindo com extrema caridade e abnegação aos doentes e abandonados.

Mestra de Noviças durante treze anos, Anatólia contribuiu com a formação de um grande número de Servas de Maria que dão continuidade à obra da Congregação na Província e diáspora.

Exercendo o cargo de Superiora Provincial durante dezenove anos, ela também foi uma das responsáveis pela consolidação da Congregação das Irmãs em terras brasileiras, abrindo seguras perspectivas para o seu futuro.

Faleceu no dia 16 de fevereiro de 1956. Foi sepultada no cemitério da Paróquia de S. Josafat, em Prudentópolis, PR.

Sua sepultura é visitada por inúmeros fiéis que alcançam graças pela sua intercessão.

Em vista de sua crescente fama de santidade, em 18 de junho de 1993 o processo de sua canonização teve início.

Oração a Irmã Anatólia

“Ó Deus, que sois um só na Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, nós vos louvamos porque vos dignastes chamar a Vossa Serva Anatólia Bodnar à Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada, e a enriquecestes com o dom do espírito missionário, no trabalho para o seu povo, misericórdia e dedicação para com os doentes e abandonados.

Trindade Santa, humildemente vos pedimos, elevai a Vossa Serva à glória dos vossos santos e concedei-nos a graça que ardentemente vos imploramos pela sua intercessão.

Amém.”