Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Polícia Civil e vigilância sanitária desmantelam esquema de adulteração de produtos destinados a fins terapêuticos e medicinais

12 de março de 2021 às 17:01
O crime de adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais prevê uma pena que pode chegar a 15 anos de reclusão.

Durante a manhã de hoje a Polícia Civil de Ponta Grossa, em conjunto com a Vigilância Sanitária do município, cumpriu três mandados de busca e apreensão na região do bairro Boa Vista.

A ação visou a repressão à falsificação de medicamentos e fitoterápicos. Após denúncias recebidas da comunidade, foi instaurado inquérito policial para apuração dos fatos e deu-se início à investigação que resultou na prisão hoje realizada.

Foi localizada grande quantidade de produtos suspeitos, sendo envasados em potes com rótulos de diferentes marcas.

Um perito do Instituto de Criminalística foi acionado para constatação do material apreendido.

Diversos funcionários trabalhavam no local, sendo autuada em flagrante a proprietária, 30 anos de idade.

O crime de adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais prevê uma pena que pode chegar a 15 anos de reclusão.