Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Cristina Silvestri destaca construção de nova maltaria no Paraná, investimento de R$ 1,5 bilhão

6 de abril de 2021 às 14:48
A deputada Cristina Silvestri relatou que participou das conversas iniciais entre as lideranças cooperativas e o governador Ratinho Júnior.

A deputada estadual Cristina Silvestri parabenizou a Cooperativa Agrária, de Guarapuava, pelo anúncio, feito pelo presidente da instituição, Jorge Karl, da construção de uma nova indústria de malte cervejeiro na região dos Campos Gerais, no Paraná, com investimento de R$ 1,5 bilhão.

O empreendimento se chamará Maltaria Campos Gerais e será construído entre os municípios de Ponta Grossa e Carambeí.

A deputada Cristina Silvestri relatou que participou das conversas iniciais entre as lideranças cooperativas e o governador Ratinho Júnior.

“Agora, sinto-me imensamente realizada por ver o anúncio oficial do presidente da Agrária, Jorge Karl, que já repercute em todo o empresarial do Paraná e do Brasil”, destacou ela.

O empreendimento está sendo viabilizado em parceria com as Cooperativas Bom Jesus (Lapa), Capal (Arapoti), Castrolanda (Castro), Coopagrícola (Ponta Grossa) e a Frísia (Carambeí).

A estimativa é de 1.000 empregos diretos e indiretos. Juntas, estas organizações faturam cerca de 16,5 bilhões por ano e têm uma influência social e econômica muito grande nas áreas em que atuam.

A parlamentar lembrou que a Cooperativa Agrária já é proprietária da maior Maltaria da América Latina, a Agromalte, com sede no distrito de Entre Rios, em Guarapuava, e ressaltou que este novo investimento representa a expansão “desta exemplar instituição cooperativista, que é modelo de organização rural no Brasil e no Exterior”.

“A previsão é de que o empreendimento irá provocar o estímulo da cultura da cevada cervejeira no eixo do Paraná Central aos Campos Gerais, envolvendo todos os municípios nestas vastas regiões do Paraná”, salientou Cristina Silvestri, destacando que a região de Guarapuava, onde o plantio da cevada é consideravelmente avançado, com pesquisas consolidadas e novas cultivares em produção, também sentirá os impactos positivos.