Paraná se aproxima de 1 milhão de vacinados com as duas doses contra a Covid-19

28 de abril de 2021 às 07:52

O Paraná ultrapassou 900 mil pessoas que receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19 e se aproxima do marco de 1 milhão de cidadãos completamente imunizados.

Na noite desta terça-feira (27), o número dos duplamente vacinados havia chegado a 903.343 pessoas, o que corresponde a 54,45% dos que já receberam a primeira dose (1.658.736 pessoas).

O número de segundas doses aplicadas corresponde a 8,65% da população total do Estado, enquanto o número de primeiras doses representa 15,88%.

Segundo o ranking de vacinação da Secretaria Estadual de Saúde, os municípios com maior percentual de população vacinada com ambas as doses são Nova Laranjeiras (18,54%), Tamarana (17,11%), São Jorge D’Oeste (17,04%), Rio Bom (15,99%) e Flórida (15,22%).

“A segunda dose é estratégica. Reforço que é tão importante quanto a primeira para garantir a proteção dos paranaenses contra o vírus e, por isso, é necessário tomar esse reforço na data correta”,  afirma o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

“Também insisto com os prefeitos e secretários municipais de saúde para que possamos ter o controle dessa aplicação na ponta do lápis. É esse controle que vai garantir a imunização completa da população, potencializando a eficácia das vacinas”, destaca o secretário.

Parte da diferença no número entre D1 e D2 aplicadas se dá pelo intervalo de tempo entre doses recomendado pelas fabricantes. A CoronaVac, fabricada pela Sinovac e Instituto Butantan, requer 21 dias de intervalo, e a Covishield, da Universidade de Oxford/Astrazeneca/Fiocruz, três meses.

No entanto, a evasão da segunda dose também é um problema verificado pelos municípios. No último levantamento do Ministério da Saúde, 1,5 milhão de brasileiros que receberam a primeira dose não voltaram para o reforço na data correta. Segundo a Secretaria etadual de Saúde, no Paraná este número está na faixa de 10% dos que receberam a D1.

Esse não comparecimento pode prejudicar a imunização da população como um todo, uma vez que as fabricantes garantem seu percentual de eficácia apenas com o ciclo completo da vacinação.

“Pedimos a todos que marquem corretamente o retorno da segunda dose. Existem pessoas que não procuraram as unidades de saúde para a segunda dose, e é importante que isso não aconteça para que, ali na frente, a gente possa ter resultados mais favoráveis”, reforça o secretário Beto Preto.

FASE ATUAL – Com a última remessa de imunizantes recebida pelo Paraná, os municípios continuam na vacinação de pessoas a partir de 60 anos e nos profissionais de forças de segurança pública e salvamento e das Forças Armadas.

O 14º lote enviado pelo Ministério da Saúde foi composto de 166 mil doses da Covishield e 39.130 da Coronavac. No total, foram 149.459 primeiras doses (72% do total) e 35.149 segundas doses, além da reserva técnica indicada pelo Ministério.

Com as 1.658.736 primeiras doses já aplicadas, o Paraná contemplou 35,79% da população do Plano Estadual de Vacinação.

Prudentópolis
10º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
10º
Tempo limpo
Guarapuava
10º
Parcialmente nublado
Curitiba
Neblina
Londrina
15º
Tempo limpo
União da Vitória
10º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra