Novas casas em Rio Azul vão atender famílias com renda de até três salários mínimos

7 de maio de 2021 às 08:19

Representantes da Cohapar e da Prefeitura de Rio Azul vistoriaram nesta quinta-feira (6) a obra de construção de 34 casas populares na cidade, na região Centro-Sul do Estado.

O projeto, orçado em R$ 2,5 milhões, faz parte do programa Casa Fácil Paraná, do Governo do Estado, na modalidade Vida Nova, voltada pessoas em vulnerabilidade social com renda familiar de até três salários mínimos.

O novo conjunto habitacional está sendo construído no bairro Vila Feliz, região próxima à entrada Sul da cidade. A vistoria foi acompanhada pelo prefeito Leandro Jasinski, que reforçou a prioridade com que o empreendimento é tratado pela administração municipal.

“Eu acompanho a obra desde o começo e está ficando tudo muito bonito. É um empreendimento que vai realizar o sonho de famílias que realmente necessitam de um lar, por isso estamos dando todo o suporte à construtora e à Cohapar para que esse sonho se concretize o quanto antes”, afirma.

CRONOGRAMA – De acordo com o chefe do escritório regional da Cohapar Orlando Senff, a obra avança conforme o planejado.

“A expectativa é que o tenhamos uma evolução de 7% a 8% em relação à última medição feita em abril, que era de 17% de conclusão”, informa.

Graças aos aportes financeiros do Governo do Estado, oriundos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza, os futuros moradores do Residencial Rio Azul III receberão de graça os imóveis, avaliados em R$ 74 mil por unidade.

O conjunto possui casas com modelos de 32 a 38 metros quadrados, além de moradias com 49 metros quadrados adaptadas para pessoas com deficiência.

As moradias são compostas por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa, com projetos arquitetônicos e lotes que permitem ampliações futuras pelos proprietários.

COMO PARTICIPAR – Podem participar do processo seletivo famílias com renda de até três salários mínimos, que devem fazer a inscrição no cadastro de pretendentes online da Cohapar, disponível no link www.cohapar.pr.gov.br/cadastro.

Até o momento, 289 famílias estão inscritas no município, cuja prioridade de atendimento será para aquelas em situação de vulnerabilidade social.

Dúvidas sobre o projeto e as inscrições podem ser esclarecidas pelo escritório regional da Cohapar em União da Vitória, pelo telefone (42) 3524-1400, que também funciona para atendimento via WhatsApp. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Prudentópolis
26º
Tempo nublado
Ponta Grossa
25º
Chuva
Guarapuava
25º
Chuvas esparsas
Curitiba
24º
Chuvas esparsas
Londrina
35º
Parcialmente nublado
União da Vitória
22º
Tempo nublado
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o falecimento do senhor Miro Stefanovicz aos 86 anos.
  • É com pesar que a funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento da sra Amelia Horodenski aos 84 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Elias Saplak aos 91 anos.
  • Convite para missa de 7° dia de falecimento
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF, comunicam o falecimento da Sra. Ana Ditkun.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi – Saúde, comunicam o falecimento da Sra. Alayde Lichi Americano.
  • Bolões de Curitiba e Maringá batem na trave e acertam 5 números sorteados
  • Pesquisador da UEL coordena relatório nacional sobre espécies invasoras na natureza
  • Com segunda parcela do IPVA, municípios receberam R$ 1,03 bilhão do Estado em fevereiro
  • Com apoio do Estado, operadora vai apresentar atrativos do Paraná a 100 agentes de viagens
  • UTFPR Guarapuava integra comitiva do Paraná em missão internacional na Alemanha
  • Governo investe R$ 150 milhões em CMEIs e escolas municipais de 106 cidades do Paraná