Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Unicentro aplica provas do vestibular 2021 para 41 cursos

10 de maio de 2021 às 14:17
As aplicações das provas foram divididas em 19 locais nas cidades de Guarapuava, Irati, Laranjeiras do Sul, Pitanga, Chopinzinho, Prudentópolis e Coronel Vivida.

Teve início neste domingo (9) o Vestibular 2021 da Unicentro. São 1.445 vagas distribuídas entre 41 cursos da universidade. As aplicações das provas foram divididas em 19 locais nas cidades de Guarapuava, Irati, Laranjeiras do Sul, Pitanga, Chopinzinho, Prudentópolis e Coronel Vivida.

A segunda etapa acontece nesta segunda-feira (10) no sistema de vestibular vocacionado, de acordo com o curso escolhido pelo candidato.

Nesta data, os candidatos respondem questões de Física, Matemática, Química, Sociologia, Filosofia, Geografia, História e Biologia. As medidas do protocolo de biossegurança permanecem vigentes também para o segundo dia.

Os cursos mais concorridos neste ano são Medicina, com 3.933 inscritos (122,91 pessoas por vaga), Psicologia, com 162 inscritos (13,50 pessoas /vaga), e Medicina Veterinária, com 305 inscritos (8,71 por vaga).

Buscando uma das vagas em Medicina, a candidata Heloise Santos Rosa, 20 anos, escolheu a Unicentro devido a um conjunto de fatores. “É uma universidade de qualidade, em uma cidade que me oferece maior acesso a tudo que eu preciso no meu meio acadêmico. Também gosto do clima e de tudo aqui, o pessoal também acho gente boa”, disse a estudante, que reside em Moreira Sales.

Esta primeira etapa foi composta por questões de Língua Portuguesa, Literatura e Língua Estrangeira Moderna, além de uma redação sobre um dos três temas propostos:

“O papel e a importância do cinema na vida das pessoas”; “O que leva as pessoas a tratarem seus animais de estimação como se fossem humanos” e “A importância de uma postura solidária, principalmente nas circunstâncias atuais”.

Heloise elogiou a escolha dos temas e optou por dissertar sobre a importância do cinema na sua redação. “São temas de fácil acesso a todos e que todo mundo provavelmente terá um desempenho razoável.

Eu escolhi o primeiro que falava sobre o acesso ao cinema, a importância dele, porque a cultura é algo que está muito em defasagem, porque o pessoal não está valorizando, não está dando valor naquilo que é essencial e isso acaba refletindo em vários aspectos da sociedade”, afirmou.

O candidato José Valdecir da Silva Júnior, 18 anos, da cidade de Pinhão, concorre a uma das vagas no curso de Administração em Guarapuava.

“Espero que eu tenha ido bem porque estudei e fiz tudo certinho, estou com a expectativa alta. A Unicentro, até agora, é a faculdade que eu mais vi gente falando bem e aí eu pensei que seria uma boa me inscrever”, disse.

BIOSSEGURANÇA – Seguindo todos os protocolos de biossegurança, desenvolvidos pela Coordenadoria de Processos Seletivos da Unicentro e aprovados pela Secretaria de Saúde do Paraná, os inscritos tiveram temperatura aferida e mãos higienizadas na entrada dos locais de prova.

Dentro das salas, as carteiras foram posicionadas respeitando a distância de 1,5 metro, além de realizarem as provas utilizando máscara de proteção o tempo todo, cobrindo nariz e boca.

Além disso, os portões foram abertos com uma hora de antecedência do horário previsto, a fim de evitar a aglomeração em frente à entrada principal de cada local de provas. Medidas que surtiram o efeito desejado no primeiro dia do Vestibular 2021.

“O primeiro dia de vestibular ocorreu normalmente em todos os lugares e em cada local de prova não houve aglomeração em frente aos locais, foi tudo bem tranquilo”, ressaltou a coordenadora de Processos Seletivos, Maria Mores Pinto.

Para o diretor do Campus Cedeteg, Ricardo Myahara, o primeiro dia de provas foi um sucesso, com as medidas de segurança e distanciamento sendo bem implementadas.

“Foi bem tranquilo, não tivemos nenhuma aglomeração, a nossa equipe conseguiu organizar bem a entrada do campus no momento mais crítico em relação à vinda dos candidatos no mesmo horário. Os candidatos também cooperaram bastante, chegaram com antecedência”, disse Myahara.

“Conseguimos implantar de uma forma bem eficiente todas as medidas para evitar a Covid-19, não tivemos nenhum caso específico de problemas relacionados a isso”, acrescentou o diretor.

Segundo ele, a ausência foi de aproximadamente 32%. Apesar do índice razoavelmente alto, considero que o primeiro dia de vestibular foi um sucesso no campus.

“Em uma época de pandemia está sendo comum nas universidades essa ausência”, disse. Dos 6.764 inscritos inicialmente, 4.747 compareceram aos locais de prova.