Estado formaliza repasse de R$ 7,6 milhões para o Hospital Pequeno Príncipe

12 de maio de 2021 às 18:03

O Governo do Estado formalizou nesta quarta-feira (12), em ato no Palácio Iguaçu, o repasse de R$ 7.694.001,21 para a execução do projeto Pelo Direito à Vida III do Hospital Pequeno Príncipe, mantido por entidade filantrópica, de Curitiba.

A unidade realiza cerca de 10 mil atendimentos ao ano, a maioria pelo SUS.

O programa busca efetivar o direito à saúde de crianças e adolescentes mediante a promoção de assistência hospitalar e ambulatorial, a formação e educação continuada dos profissionais de saúde e o fomento à inovação e à pesquisa científica, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e a redução da mortalidade infantil.

O convênio foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro.

“O Pequeno Príncipe é um orgulho para o Paraná, referência no Brasil para o atendimento à criança. O Governo do Estado é parceiro do hospital, seja na ampliação de tratamentos ou mesmo para ajudar no custeio do dia a dia”, destacou o governador.

“Contribuir com o Pequeno Príncipe, e por consequência com as crianças do Paraná e do Brasil, é sempre um motivo de muita alegria”.

O projeto foi aprovado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, o que permitiu a captação dos recursos por parte do complexo hospitalar – as doações são feitas por meio da dedução do Imposto de Renda devido de pessoas físicas e jurídicas.

“O atendimento dentro do Pequeno Príncipe, seja particular, convênio ou via Sistema Único de Saúde, é exatamente o mesmo. Esses projetos nos ajudam a equilibrar as contas e a manter uma performance que é referência no atendimento à criança”, explicou José Álvaro Carneiro.

“Captamos no Brasil inteiro, algo em torno de R$ 25 milhões a R$ 30 milhões anualmente por meio da dedução do Imposto de Renda. Ou seja, de certa forma, ajudamos a trazer para o Paraná recursos federais”.

PROJETO – O projeto Pelo Direito à Vida III foi elaborado em 2012. As propostas, nesses nove anos, contemplaram ações contínuas em três frentes distintas e correlacionadas: assistência à saúde, ensino e pesquisa, considerando demandas específicas de cada período de vigência como a necessidade de algum equipamento de pesquisa avançada para novos tratamentos e consequente capacitação ou suporte financeiro para novas linhas de pesquisa.

Os mais de R$ 7 milhões liberados nesta quarta-feira são o segundo resgate feito pelo Pequeno Príncipe. O primeiro, no valor de R$ 2.530.817,80, foi em fevereiro de 2020.

O prazo para a captação vai até novembro de 2022 (com possibilidade de prorrogação) e cada resgate tem seu prazo de execução. A meta é beneficiar cerca de 10 mil pacientes. O projeto tem valor total de R$ 36.531.892,53.

“A proteção e a atenção à criança são uma prioridade do governo Ratinho Junior. E, neste caso, ninguém melhor do que o Hospital Pequeno Príncipe para colaborar com essa rede solidária, um complexo que atende milhares de paranaenses de todas as regiões do Estado. Ajudar o Pequeno Príncipe é ajudar a salvar vidas”, afirmou o secretário de Estado de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

REFERÊNCIA – O Hospital Pequeno Príncipe é mantido por uma organização da sociedade civil (OSC) sem fins lucrativos e filantrópica, a Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro. Maior centro médico exclusivamente pediátrico do País, possui 378 leitos para atender 32 especialidades. Conta atualmente com 2.650 colaboradores.

A maioria dos atendimentos é feita pelo Sistema Único de Saúde (SUS) – foram mais de 60% em 2019. “Esses recursos nos permitem ter aparelhos, laboratórios e condições de atendimento que outros hospitais não possuem. Manter o padrão de referência”, reforçou Carneiro.

PRESENÇAS – Participaram da formalização do convênio o chefe da Casa Civil, Guto Silva, e os deputados estaduais Hussein Bakri (líder do Governo na Assembleia Legislativa) e Doutor Batista (presidente da Comissão de Saúde da Assembleia).

Prudentópolis
17º
Tempo limpo
Ponta Grossa
16º
Tempo limpo
Guarapuava
16º
Tempo limpo
Curitiba
18º
Tempo limpo
Londrina
18º
Tempo limpo
União da Vitória
17º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • Pavimentação de estradas rurais: convênios firmados no 1º semestre somam R$ 125 milhões
  • Governo Federal adia teste de alerta de desastres climáticos em Morretes e União da Vitória
  • Educação divulga resultado preliminar de classificados para o Ganhando o Mundo Diretor
  • Nova espécie de abelha é descoberta por professora da Unicentro
  • Concessionária apresenta agenda de obras rodoviárias para comunidade portuária
  • Cristina Silvestri pede ação do Estado para garantir direitos dos proprietários de terra em Guaíra