Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Athletico sofre gol no final e empata com a Chapecoense na Baixada

28 de junho de 2021 às 09:01
O resultado colocou o Athletico ficou na terceira posição, com 13 pontos. Já a Chapecoense caiu para a penúltima colocação, com quatro pontos.

Athletico empatou com a Chapecoense por 2 a 2 na noite deste domingo (27), na Arena da Baixada. O Furacão saiu atrás do marcador e chegou na virada no segundo tempo, com gols de Khellven e Thiago. Porém, a Chape conseguiu empatar com um gol no último minuto.

O resultado colocou o Athletico ficou na terceira posição, com 13 pontos. Já a Chapecoense caiu para a penúltima colocação, com quatro pontos.

Agenda

O Furacão volta a campo na quarta-feira (30), às 16h, contra o Fluminense, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Já a Chapecoense joga também no mesmo dia e horário contra o Fortaleza, na capital cearense.

O jogo

O Athletico começou a partida pressionando. Logo aos dois minutos, VItinho recebeu no meio, arriscou de fora da área e a bola passou à direita do gol de João Paulo. Apesar de ter o domínio da bola, o Furacão não conseguiu criar mais chances ofensivas nos primeiros minutos.

O jogo ficou equilibrado na parte tática. O Athletico ficava com a bola e tentava armar o jogo rápido pelas pontas. Já a Chape postulava uma linha de quatro e outra de cinco para tentar recuperar a bola e atacar. Em uma dessas recuperações, Fernandinho arriscou, a bola desviou na defesa, subiu, Santos ficou esperando e Ignácio se adiantou e cabeceou para redes, aproveitando um vacilo do goleiro athleticano.

Atrás no marcador, o Athletico foi para cima. Aos 33′ Terans finalizou da entrada da área e parou em João Paulo. Três minutos depois, Khellven recebeu bola invertida, foi para dentro da área e bateu de esquerda. A bola desviou na defesa e morreu no fundo das redes, empatando o jogo na Baixada.

Athletico pressiona, chega à virada, mas sofre o gol no final

A segunda etapa começou com chances para os dois lados. Aos três minutos foi a vez de Pedro Henrique bobear, Fernadinho recuperar a bola e chutar para fora. O Athletico respondeu aos seis, com cruzamento de Terans na cabeça de Babi, que mandou para fora. Aos nove, o uruguaio cobrou falta para Thiago Heleno cabecear na rede pelo lado de fora.

O Furacão apertava e teve três chances em um lance. Vitinho cruzou rasteiro, João Paulo espalmou para o meio da área, Terans não aproveitou a sobra e mandou no travessão, e, enquanto a baliza ainda balançava, Christian chutou torto para fora.

De tanto insistir, o Furacão chegou a virada. Aos 14′ Terans cobrou escanteio na primeira trave, Thiago Heleno subiu mais alto e mandou no canto oposto, colocando o Furacão na frente do placar.

Na frente do marcador, o Athletico teve mais tranquilidade para controlar o jogo. A grande chance de ampliar foi com Babi, que cabeceou para fora após cruzamento de Khellven. Porém, a Chape tentou até o final e conseguiu o empate no último lance. Após cruzamento, a bola ficou para Geuvânio, que chutou cruzado e exerceu a lei do ex na Baixada.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 2 X 2 CHAPECOENSE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: domingo, 27 de junho de 2021.
Horário: 20h
Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)
Assistentes: Lucio Belersdorf Flor (RS) e Andre da Silva Bitencourt (RS)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Athletico: Santos; Thiago Heleno, Pedro Henrique e Zé Ivaldo; Khellven, Léo Cittadini, Christian (Erick) e Abner Vinícius; Terans (Jadson), Vitinho (Carlos Eduardo) e Matheus Babi (Renato Kayzer).
Técnico: Bruno Lazaroni.

Chapecoense João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Felipe Santana e Derlan; Lima, Mancha (Felipe Silva) e Ravanelli; Mike (Geuvânio), Anselmo Ramon (Perotti) e Fernandinho (Kaio Nunes).
Técnico: Jair Ventura

FONTE BANDA B