Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Marido agride com socos a esposa e a filha um bebê de apenas 2 meses em Prudentópolis

14 de agosto de 2021 às 08:35
Foi possível visualizar em cima de um móvel próximo a cama do casal um tablete de substancia análoga a maconha, a qual após pesagem perfez a quantia de 20gr (vinte gramas).

Relata a vítima que é convivente com o autor. Que o autor chegou na residência por volta de 1:40 horas embriagado e apos um desentendimento entre as partes envolvendo sua filha, o autor passou a agredi-las com socos, acertando um soco na face da mesma, causando uma lesão leve aparente no local e mais uma série de socos na região de trás da cabeça da mesma.

Além de 2 socos na cabeça de sua filha de 2 meses de idade, sendo que neste momento o autor falou: “se você falar alguma coisa a alguém eu mato toda a sua família, você quer ver seu irmão morto?” após as agressões o autor se trancou no banheiro da residência para fumar um cigarro de maconha, momento em que a vítima conseguiu mandar uma mensagem pedindo socorro a sua cunhada via aplicativo de celular, a qual solicitou a presença da equipe.

No local a equipe visualizou a vítima na parte de fora da residência com sua filha no colo gritando por socorro.

A mesma relatou que o autor teria escondido a chave do cadeado do portão, o que a estaria impedindo de sair do local.

Neste momento a equipe pulou o muro da residência e efetuou a abordagem do autor no quarto do casal, o qual após a abordagem passou a ficar agressivo sendo necessária a utilização de técnicas de imobilização e também o uso de algemas.

Foi possível visualizar em cima de um móvel próximo a cama do casal um tablete de substancia análoga a maconha, a qual após pesagem perfez a quantia de 20gr (vinte gramas).

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao autor e encaminhadas as partes até a delegacia de policia civil para procedimentos.

Durante todo o momento em que era confeccionado o boletim de ocorrência o autor se manteve alterado e agressivo, gritando e esmurrando a porta e as paredes do local em que se encontrava.

As vitimas foram encaminhadas até o hospital Sagrado Coração de Jesus para a confecção do lado de lesões corporais, sendo informado pelas enfermeiras que o médico não encontrava-se no hospital e devido a esse motivo o laudo só será confeccionado após a chegada do médico e a realização dos exames, o que está previsto ocorrer por volta das 7 horas de hoje, permanecendo ambas internadas em observação medica.