Proposta de turismo religioso prevê Rota da Medalha Milagrosa entre Irati e Prudentópolis

17 de agosto de 2021 às 08:59

A Terra dos Pinheirais deu mais um passo importante para o turismo religioso, que será implantado em toda a região em breve, pois tem uma proposta que prevê a Rota da Medalha Milagrosa, que sairá da Colina Nossa Senhora das Graças, em Irati, até o Santuário da mesma Santa, em Prudentópolis.

A ideia inicial é que aconteça no dia de Nossa Senhora das Graças, em 27 de novembro, mas ainda será estudada pelas entidades e comunidades competentes. Este será um experimento para explorar o turismo religioso que é um potencial da região.
De acordo com uma pesquisa feita pelo Paraná Turismo, em 2019, a Terra dos Pinheirais é a primeira das 14 regiões do estado em atrativos religiosos, e a quinta em locais turísticos, isso traz um potencial forte para os municípios em expor em rotas para os turistas.

Segundo a presidente da Agência de Desenvolvimento das Regiões Sul e Centro Sul do Estado do PR (ADECSUL), Estela Mara Rosa, este levantamento de dados ajuda a fortalecer esse tipo de turismo na região.

“É muito claro a nossa opção pelo turismo religioso, a nossa vocação. Prudentópolis já é referência no turismo religioso na região, e nós, em função da regionalização, só temos que colocar mais opções para o turista para conhecer e preparar esses outros municípios para a recepção desse turista e mostrar tudo que nós temos de fato, com qualidade e exigência no atendimento”, disse a presidente.

A rota que desejam implantar foi feita em 2020 pela moradora de Prudentópolis Célia Malinoski. No dia 08 de novembro, Celia, a família e os amigos vieram a Irati em romaria, até a Colina de Nossa Senhora das Graças, para agradecer a Santa por uma graça recebida. Outro atrativo para os turistas, que ficará em Irati, na igreja São Miguel, é uma relíquia do São João Paulo II.

O prefeito de Prudentópolis, Osnei Stadler, comenta que o turismo sozinho não vai para frente, e é importante reunir os municípios da Amcespar para um maior desenvolvimento regional. “Estivemos em Curitiba esta semana, justamente, fazendo um compilado da região para desenvolver, e a questão do turismo religioso, com essa primeira rota, vem agregar para Prudentópolis e Irati e vai se estender a toda a região que também tem turismo religioso”, comenta.

Para o prefeito de Irati, esta ideia “vai proporcionar o desenvolvimento no turismo. Temos que explorar, porque, em Irati e outras cidades, temos a oportunidade das pessoas conhecerem as igrejas, as etnias, assembléias. Essa rota vai solidificar e será um excelente trajeto.

Além disso, desencadeia uma corrente produtiva, como a parte econômica. Isso vai se desenvolvendo e vai gerar emprego e renda. Precisamos fortalecer isso. A Prefeitura vai apoiar em todos os sentidos”.

A secretária de Turismo de Prudentópolis, Cristiane Guimarães Boiko Rossetim, diz que é importante o crescimento de todos os municípios juntos, pois a cidade já é referência no turismo religioso, e é a Capital da Oração, e isso vai fortalecer ainda mais.

“Temos o nosso turismo religioso regional que é desenvolvido com vários municípios e nós fortalecemos o que a região tem em comum. Essa formatação de roteiros regionais são importantes e fortalecem toda a região que é rica em cultura e turismo”, observa.

O Conselho Municipal de Turismo de Irati atua de forma deliberativa e consultiva e estão auxiliando no segmento religioso. Para a presidente do COMTUR, Vanessa Alberton, ter o turismo religioso acontecendo de forma ordenada na região é algo que só tem a agregar para a comunidade, e não apenas no sentido econômico, mas na preservação das tradições e na disseminação do que tem em Irati.

“As missas rezadas em ucraniano que não se vê em todo lugar, as nossas igrejas que são únicas e belas, além de incentivar que a fé seja renovada e que esse hábito religioso não se perca na correria do dia a dia.

Acredito que um segmento puxa o outro. Tendo o turismo religioso acontecendo na região, outros segmentos podem receber esse mesmo turista”, comenta.

PROPOSTA DE TURISMO

A proposta com a rota da Medalha Milagrosa é o alvo da aparição Mariana, no contexto de Catarina Labouré, que ocorreu em Paris, em 1830, e foi através desse fenômeno que gerou a imagem na colina de Irati e do santuário em Prudentópolis.
“Muito mais que atrativos, as pessoas também querem conhecer as histórias desses locais, muitos não sabem o que significou essa aparição Mariana.

A nossa proposta é mais profunda, que seja uma imersão dentro do fato histórico do que aconteceu”, comenta Estela.
Assim, além do turista conhecer o local, ele também poderá saber da história por trás daquele espaço. Esta primeira rota será um experimento, que envolve, inicialmente, as igrejas dos dois municípios.

E, em seguida, depois de experimentado e aprovado, os envolvidos no trabalho passarão o roteiro para as operados que se interessarem em trazer turistas para a região.

REUNIÃO

Assim, com a rota da Medalha Milagrosa, os peregrinos que fizeram a visita também poderão conhecer as igrejas de ambos os municípios. Para isso, houve uma reunião em que foi comentado sobre o assunto para os párocos de Irati.

Padre Dionísio Mazur, pároco da Igreja Imaculado Coração de Maria, participou da reunião e diz que é importante o turismo religioso na região, principalmente, para expor as igrejas, para que as pessoas de fora conheçam as histórias e como funciona cada uma delas.
Na oportunidade, o pároco sugeriu que cada igreja prepare um folheto para o turista saber um pouco da história da paróquia. Mazur cita como exemplo a própria igreja de Irati, pois muitos confundem, ela é ucraniana do rito oriental católica.

“As nossas igrejas pelo estilo se destacam muito e é importante o turista ter acesso e conhecer, não somente a beleza, mas como funciona, a história e a tradição, saber distinguir a religiosidade”, disse o padre.

Outra discussão também foi sobre o entendimento necessário para que aconteçam essas rotas, e na preparação de estrutura e formação de pessoas que saibam contar as histórias propostas. Agora, as entidades envolvidas estão em buscas de pessoas que possam colaborar neste quesito.

Jaqueline Lopes Jornal Folha de Irati

Prudentópolis
12º
Tempo nublado
Ponta Grossa
13º
Tempo nublado
Guarapuava
11º
Tempo nublado
Curitiba
12º
Tempo nublado
Londrina
18º
Tempo nublado
União da Vitória
12º
Tempo nublado
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Regina Lusia de Lima Vaz aos 64 anos
  • É com pesar que a funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o falecimento da Sra Rosa da Costa aos 82 anos de idade
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF, comunicam o falecimento do Sr. José Acir Zanlorenzi.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Maria Izabel de Lima
  • Agências do Trabalhador iniciam a semana com 24,1 mil vagas, maior número do ano
  • PRF apreende cerca de 300 quilos de maconha em Guarapuava
  • Paraná fecha primeiro semestre com saldo positivo de 68 mil empresas
  • Atenção, Prudentópolis! O número do SAMU mudou!!
  • 2ª edição da Corrida e Caminhada da Cooperação é realizado pela Sicredi Centro Sul PR/SC/RJ
  • Paraná tem 2º maior crescimento do País em 12 meses; turismo é destaque