Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Unicentro integra programa para incentivar as vocações regionais sustentáveis do Paraná

24 de agosto de 2021 às 13:12
Tenho certeza que esse é mais um passo que a Unicentro dá para ajudar no desenvolvimento do Paraná”, afirma o vice-reitor da instituição, Ademir Fanfa Ribas.

Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), por meio da sua Fundação de Apoio ao Desenvolvimento, é parceira do Programa de Apoio às Vocações Regionais Sustentáveis (VRS), lançado pelo Governo do Estado e desenvolvido pela Invest Paraná.

Vencedora da Concorrência Pública nº 012/2021, a universidade dará o suporte técnico para as análises estratégicas e será responsável por dez especialidades do VRS, cujo objetivo é identificar os produtos paranaenses com potencial para o mercado nacional e internacional, incentivar as cadeias de valor e abrir mercados para produtos típicos paranaenses.

As ações também contribuem para a retomada econômica do Estado no período pós-pandemia.

“É um programa que busca aproveitar as potencialidades de cada região, para promover produtos e serviços agregando recursos financeiros, gerando empregos e inovações para essas áreas.

Tenho certeza que esse é mais um passo que a Unicentro dá para ajudar no desenvolvimento do Paraná”, afirma o vice-reitor da instituição, Ademir Fanfa Ribas.

O diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Unicentro, Fernando Franco Netto, detalha como será a participação da universidade no programa.

“É uma participação em que foi feito um processo junto à Invest Paraná, de licitação e, a partir dos nossos critérios, fomos selecionados.

É um contrato de prestação de serviços por um período de 12 meses, sendo oito meses de trabalho de campo intenso e quatro meses de avaliação dos resultados”.

As atividades do programa iniciaram no Litoral paranaense, abrangendo as cidades de Guaraqueçaba, Morretes e Antonina. Franco também destaca que o trabalho é divido em três grandes ações.

“A primeira delas é a elaboração de uma análise econômica da cadeia de valor. Um segundo grande foco é o desenvolvimento de uma ferramenta de análise, apoiado em geoprocessamento para a gestão. E o terceiro grande objetivo é a elaboração de análise estrutural da cadeia de valor”.

POTENCIAIS – A Invest Paraná, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Paraná (Sedest), é responsável pela prospecção de novos negócios e atração de investimento ao Estado. O diretor-presidente, Eduardo Bekin, afirma que o objetivo principal do programa é alavancar a marca de cada região do Estado.

“O nosso papel é criar uma marca no Paraná com foco nos mercados nacional e internacional. Para isso, estamos buscando, junto à Sedest, o desenvolvimento com foco na sustentabilidade”, disse.

A Invest Paraná trabalha desde o ano passado na identificação dos potenciais econômicos e sustentáveis do Estado. Para isso, foram selecionados ativos com potencial de mercado já relatados no Programa Arranjos Produtivos Locais (APL), que agora vão contar com apoio para acessar novos mercados e implementar inovações para ampliar esse potencial.