Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Governador entrega 30 novas viaturas para melhorar a fiscalização das rodovias

22 de setembro de 2021 às 17:34
Nova frota encaminhada à Polícia Rodoviária Federal é formada por 29 veículos TrailBlazer e uma unidade operacional móvel. Equipamentos serão usados nas delegacias Metropolitana, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu

A Polícia Rodoviária Federal do Paraná (PRF-PR) ganhou 30 novas viaturas para ampliar e melhorar o monitoramento das rodovias que cortam o Estado. A entrega simbólica das chaves foi feita pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta quarta-feira (22), na sede do órgão, em Curitiba, e faz parte da comemoração da Semana Nacional do Trânsito. O investimento é de R$ 8 milhões e refere-se ao repasse contratual das concessionárias que administram os trechos rodoviários, oriundo das tarifas de pedágio.

A nova frota é formada por 29 veículos Chevrolet TrailBlazer e uma unidade operacional móvel. E, segundo a PRF, será usada nas circunscrições das seguintes delegacias: Metropolitana, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu, abrangendo a fiscalização de todo o anel rodoviário estadual.

Ainda dentro desta parceria entre o Governo do Estado e a PRF, outras oito viaturas já foram encomendadas, além de uma motocicleta e mais quatro veículos que estão em processo de aquisição. Quando a remessa estiver completa, o repasse chegará a R$ 12,28 milhões.

“Para o Estado é importante colaborar para modernizar cada vez mais a PRF, uma instituição tão importante e que tem a responsabilidade de cuidar das nossas rodovias e também combater o crime organizado. O trabalho de fiscalização da polícia é fundamental para a população, o que torna a parceria ainda mais representativa”, destacou Ratinho Junior.

O governador lembrou que a nova frota terá papel fundamental durante o processo de mudança das concessões das rodovias no Estado – o atual contrato de pedágio termina em novembro e a expectativa é que o novo anel, formado por 3,3 mil quilômetros, vá a leilão na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) ainda no primeiro semestre de 2022.

“Precisaremos de equipamentos novos, modernos, e equipes organizadas para a apoiar o usuário e prestar o melhor atendimento possível à população que usa as rodovias nesse período entre uma concessão e outra”, afirmou.

MAIS SEGURANÇA

Segurança na estrada que também foi destacada pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. “O trabalho em conjunto com a PRF vai além do repasse desses veículos. O órgão, juntamente com a nossa Polícia Rodoviária Estadual, tem ajudado na elaboração de projetos, indicando pontos para a realização de obras que melhorem a segurança das estradas, tanto para o motorista quanto para o pedestre”, ressaltou.

“E, claro, participaram ativamente do projeto do novo pedágio, como a inclusão de iluminação nos trechos de serra que cortam o Paraná”, acrescentou.

O superintendente da PRF no Paraná, Antônio Paim, também ressaltou a unidade dos diferentes agentes na busca por soluções para o trânsito do Estado. “É essa integração e parceria que evidencia o espírito público para promover um trânsito mais seguro e para que o cidadão se sinta de fato acolhido”, disse.

Presidente da CCR Rodonorte, Thaís Borges Labre lembrou que ao longo dos mais de 23 anos de contrato as concessionárias repassaram em torno de R$ 100 milhões para a aquisição de equipamentos para a PRF. “É uma corporação fundamental para motoristas, crianças, pedestres e transeuntes”, afirmou.

(Reportagem: AENPr/com revisão).