Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Obras da PCH seguem na divisa entre Turvo e Prudentópolis

8 de novembro de 2021 às 17:19
A obra está situada na junção dos rios Marrecas e Cachoeira

As obras da PCH Confluência continuam. A Pequena Central Hidrelétrica, que vai gerar cerca de 27 megawatts de potência, está situada na junção dos rios Marrecas e Cachoeira, na divisa entre os municípios de Turvo e Prudentópolis.

O empreendimento, com previsão de término para o ano de 2022, já gera mais de 280 empregos diretos e destes, ao menos 50%, são trabalhadores da região. Além disso, já se verificam outras contrapartidas sociais em benefício dos moradores locais, como a edificação de um salão em alvenaria com no mínimo 150 metros quadrados para uso comunitário e a construção de uma estrada vicinal, de aproximadamente 200 metros, entre a edificação e a rodovia que liga a localidade e o município de Turvo.

PROGRAMAS SOCIOAMBIENTAIS

O empreendimento garante também, a redução de impactos ambientais causados pela obra por meio da execução de programas socioambientais previstos no Plano Básico Ambiental (PBA), aprovado pelo Instituto de Água e Terra (IAT) do Paraná, bem como de programas específicos para a Terra Indígena Marrecas, aprovados pela FUNAI.

Dentre as ações ambientais, o empreendimento assegura a compensação de toda a área degradada em favor da construção da usina e barragem e ainda, a conservação de amostras do ecossistema local e regional, de modo a proteger e assegurar o processo evolutivo e a biodiversidade da fauna e flora regionais.

A empresa garante também a execução de dois programas relativos ao aproveitamento científico da fauna e da flora. O programa relativo à fauna busca a realocação, para um local seguro, os animais e espécies da área impactada pela instalação da PCH. O programa de aproveitamento da Flora consiste em ações destinadas ao resgate de exemplares locais, com a coleta de sementes para produção de mudas assegurando o plantio nas áreas de compensação.

Demais atividades socioambientais serão realizadas a fim de reduzir e compensar impactos no meio-ambiente bem como ofertar apoio aos habitantes locais.

(Texto: Fernando Richard)