Emerson Bacil destaca audiência sobre royalties e garantia de quase R$ 600 milhões

11 de novembro de 2021 às 11:06

A audiência pública, realizada nesta terça-feira (09/11) em São Mateus do Sul, serviu para colher manifestações sobre a proposta de acordo para encerramento da controvérsia de 20 anos entre Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Petrobras.

Caso a tratativa não se viabilize, judicializada a questão poderia levar a ganho de causa por parte da estatal e quase R$ 600 milhões perdidos.

“Ficou muito claro na exposição e em todo esse processo que acompanho de perto, desde 2019, que ou chegaria a um consenso para receber o valor devidamente corrigido e dentro dos parâmetros legais, ou seguindo na justiça a sustentação de tese da Petrobras poderia, dali dez a 15 anos, afirmar que não se pagaria nenhum centavo para São Mateus do Sul ou Estado do Paraná”, explica Emerson Bacil.

Isso porque, inclusive, a própria legislação incide sobre pagar royalties de extração líquida e, no caso, o xisto é extraído de pedra. “Isso poderia dar ganho de causa na tese da Petrobras para evitar o pagamento que, conforme a minuta do acordo, fica na casa de R$ 600 milhões.

Valor que não podemos se dar ao luxo de perder, nem da parte do município e muito menos do Estado, indicando investir na região”, acrescenta.

Outra questão que poucos sabem é a situação de concessão pública para permitir a exploração do xisto. Mesmo operando há mais de meio século, a Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), da Petrobras em São Mateus do Sul, não detinha isso devidamente regulamentado, passando a ter com o acordo. Todas as contribuições colhidas na audiência farão parte da minuta do acordo.

O documento passa por revisão final na ANP, aprovação do Ministério de Minas e Energia e Advocacia-Geral da União, para posterior assinatura da minuta e do contrato de concessão.

“Destaco a presença de vários prefeitos, vereadores e lideranças locais e regionais na audiência realizada, ao agradeço ao presidente da audiência Dirceu Cardoso Amorelli Junior, e superintende Thiago Neves de Campos”, menciona Emerson Bacil.

O passo seguinte, segundo ele, é aguardar o pagamento dos royalties e mobilizar a discussão sobre investimentos necessários em São Mateus do Sul.

Da mesma forma, levar projetos regionais ao Governo Estadual para que a parcela do Estado também seja investida na região. “Temos esse compromisso do governador [Carlos Massa] Ratinho Junior, desde quando ele próprio solicitou que eu acompanhasse essa discussão.”

Prudentópolis
32º
Tempo nublado
Ponta Grossa
25º
Tempo nublado
Guarapuava
24º
Chuvas esparsas
Curitiba
28º
Chuvas esparsas
Londrina
23º
Tempestades
União da Vitória
27º
Chuvas esparsas
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o falecimento do senhor Miro Stefanovicz aos 86 anos.
  • É com pesar que a funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento da sra Amelia Horodenski aos 84 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do senhor Elias Saplak aos 91 anos.
  • Convite para missa de 7° dia de falecimento
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF, comunicam o falecimento da Sra. Ana Ditkun.
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Plano Sindi – Saúde, comunicam o falecimento da Sra. Alayde Lichi Americano.
  • Startup apoiada pela Fundação Araucária vai participar da maior conferência global de energia
  • Com apoio do IDR-Paraná, queijaria de São José dos Pinhais obtém registro federal
  • UTFPR Guarapuava oferece 162 vagas no Vestibular de Inverno
  • Paraná deve produzir 21,12 milhões de toneladas de grãos na safra de verão 2023/2024
  • Novo Posto Avançado do Detran-PR em Pontal do Paraná já está em funcionamento
  • Alunos da rede estadual se engajam no combate à dengue no Paraná