Prudentópolis: TCE-PR pune ex-prefeito e aliado por crime contra a gestão pública

25 de novembro de 2021 às 08:22

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) julgou procedente Representação apresentada pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa da Região de Guarapuava (Gepatria) do Ministério Público Estadual do Paraná (MP-PR).

O processo é derivado de ações civis públicas instauradas pelo órgão ministerial a respeito de atividades ilícitas praticadas por agentes públicos e privados no âmbito de licitações promovidas pelo Município de Prudentópolis, na Região Central do Paraná.

Elas têm como origem as investigações referentes à Operação Caçamba, que resultaram na prisão em flagrante do então prefeito Gilvan Pizzano Agibert (gestões 2009-2012 e 2013-2015) pelo recebimento de propina paga por empresário do setor de coleta de lixo em 2015.

Os autos instaurados pelo MP junto ao TCE-PR tratam da ocasião em que servidores públicos abordaram, a pedido do ex-gestor, o proprietário de empresa contratada via licitação pelo município para realizar o serviço de transporte escolar para exigir que o empresário subcontratasse parte do objeto em favor de Fábio Schuerts, aliado político de Agibert.

Ainda conforme o Gepatria, a prática ilegal ocasionou o enriquecimento ilícito em R$ 78.565,50 de Schuerts. Para os conselheiros, o caso demonstra que houve “violação frontal aos princípios que regem o serviço público, especialmente os da moralidade, probidade, legalidade, eficiência e dever de licitar”.

Decisão

Como resultado, a Corte multou Agibert e Schuerts em R$ 4.647,60 cada. As sanções estão previstas no artigo 87, inciso IV, da Lei Orgânica do TCE-PR (Lei Complementar Estadual nº 113/2005). Cada uma delas corresponde a 40 vezes o valor da Unidade Padrão Fiscal do Estado do Paraná (UPF-PR).

O indexador, que tem atualização mensal, valia R$ 116,19 em setembro, quando a decisão foi proferida.

A dupla ainda foi inabilitada para exercer cargo em comissão e contratar com a administração pública pelo prazo de cinco anos, conforme previsto no artigo 96 do mesmo diploma legal. Finalmente, os integrantes do Tribunal Pleno determinaram o encaminhamento de cópia da decisão ao Juízo Criminal de Prudentópolis.

Em seu voto, o relator do processo, conselheiro Ivan Bonilha, seguiu o entendimento manifestado na instrução da Coordenadoria de Gestão Municipal (CGM) da Corte e no parecer do Ministério Público de Contas (MPC-PR) a respeito do caso.

Os demais membros do órgão colegiado do TCE-PR acompanharam, de forma unânime, o voto do relator, na sessão de plenário virtual nº 17/2021, concluída em 30 de setembro.

A decisão contida no Acórdão nº 2582/21 – Tribunal Pleno, publicada no dia 8 de outubro, na edição nº 2.639 do Diário Eletrônico do TCE-PR (DETC), transitou em julgado em 8 de novembro.

O prazo para os sancionados pagarem a primeira parcela ou o valor integral das multas individuais de R$ 4.647,60 é o dia 24 de janeiro de 2022.

Caso isso não ocorra, os nomes de Fábio Schuerts e Gilvan Pizzano Agibert serão incluídos no Cadastro de Inadimplentes (Cadin) do TCE-PR e contra eles serão emitidas certidões de débito para a inscrição em dívida ativa e execução judicial daqueles valores.

 

Serviço

Processo nº: 93847/20
Acórdão nº: 2582/21 – Tribunal Pleno
Assunto: Representação
Entidade: Município de Prudentópolis
Interessados: Fábio Schuerts, Gilvan Pizzano Agibert e Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa do Ministério Público do Estado do Paraná na Região de Guarapuava
Relator: Conselheiro Ivan Lelis Bonilha
Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • Estão abertas as inscrições para 7ª turma do curso Paraná Empreende Mais
  • Alerta de preços: Procon/PR dá dicas para economizar na compra do material escolar
  • Fazenda divulga calendário do IPVA 2023 e disponibiliza mais opções para pagamento
  • Petrobras reduz preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras
  • Polícia apreende cigarros contrabandeados, recupera veículo furtado e prende autores, em Iretama
  • UEPG recebe pesquisadora ucraniana da área de propriedade intelectual