Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Comércio do Paraná deverá ter o melhor Natal dos últimos sete anos

30 de novembro de 2021 às 13:53
Sondagem da Fecomércio PR mostra que 82,3% dos paranaenses entrevistados pretendem presentear na data

Dezembro chegou e com ele a data mais importante para o comércio: o Natal, que promete ser o melhor dos últimos sete anos. Segundo sondagem da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), 82,3% dos paranaenses entrevistados pretendem presentear neste fim de ano. É o segundo maior percentual da série histórica da pesquisa, somente superado em 2014, quando 90,6% dos entrevistados manifestaram sua intenção de compras de presentes natalinos.

Dos 17,7% dos entrevistados que não têm intenção de presentear ou ainda não sabem, os principais motivos são problemas financeiros ou o desemprego, com 45,2%.

O fator que mais influencia na decisão de compra do presente é a concessão de descontos e promoções, com 42,9%. A qualidade do produto é listada em segundo lugar por 21,8% dos paranaenses. Preço baixo também é importante para 19,4%.

Os consumidores estão cada vez mais informados antes de realizarem suas compras e 91,4% realizam pesquisa de preço, sendo que a maioria (74,4%) faz isso pela internet, o que revela que mesmo para os estabelecimentos com operações exclusivamente físicas, a presença digital é fundamental.

 

Tipo de presentes
Roupas: 70,2%
Brinquedos: 45,7%
Calçados: 36,7%
Artigos de perfumaria: 32,2%

Valor do presente

A maioria dos entrevistados (45,3%) pretende gastar entre R$201,00 e R$500,00; os que pretendem gastar apenas até R$100,00 são 9,7%; os que planejam gastar entre R$101,00 a R$200,00 somam 18,3% e os que desembolsarão de R$501,00 a R$1.000,00 representam 20,8%. Já os que vão gastar mais de R$1.000,00 na compra de presentes correspondem a 5,9%.

Local das compras
Comércio de rua tradicional: 68,5%
Comércio on-line: 58,1%
Shopping: 42,9% dos entrevistados
*A pergunta permitia múltiplas respostas

Formas de pagamento
Cartão de crédito: 50,5%
Cartão de débito, dinheiro ou Pix: 48,8%

A pandemia continua impactando na decisão de compra para 70,9% das pessoas ouvidas pela Fecomércio PR, principalmente no valor do presente (74,3%), número de pessoas a serem presenteadas (38,6%) e na abstenção de presentear (24,9%).

 

(Matéria: Assessoria/Fecomércio).