Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Turvo conclui a 1ª etapa do Programa Habitação Solidária

3 de dezembro de 2021 às 17:31
O Programa Habitação Solidária está chegando ao final de sua primeira etapa, a construção de 8 residências que em breve receberão as famílias que terão a oportunidade de mudar de vida

O Programa Habitação Solidária, foi criado com uma parceria entre o poder público municipal e sociedade civil, para garantir acesso a moradia digna a 15 famílias residentes de uma área de risco, localizada no Bairro Jardim Filadélfia, no Município de Turvo/PR. O local é considerado uma área de risco, pois a poucos metros das residências, existe um “perau” (entende-se por “perau” um morro alto inclinado com vegetação nativa), as famílias residem na parte superior do perau, onde o solo é predominantemente laje, sendo assim, suas casas não possuem uma estrutura fixa ao solo, dificultando a infraestrutura urbana, como saneamento básico, iluminação pública, havendo riscos de desabamento e quedas.

Todas as famílias residentes no local, encontram-se em situação de vulnerabilidade social, sendo atendidas pela política de assistência social. Os moradores do local totalizam cerca de 40 pessoas, entre idosos, pessoas com necessidades especiais e crianças. Para suprir as necessidades dessas famílias, o projeto tem objetivo a construção de 15 moradias, em terreno próximo, de posse do município, para que seja feita a realocação destes moradores para ambientes seguros e dignos.

O trabalho continua…

Em reunião com os integrantes do Conselho Municipal Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Social, Comissão da Habitação Solidária, poder executivo e sociedade civil, foi realizado a prestação de contas dos serviços realizados desde 2019 até agora, e também apresentado a 2ª etapa do projeto que está prevista para iniciar em 2022, para a construção de mais 7 residências.

Além da construção das casas, as famílias beneficiadas, são atendidas pela equipe da Secretaria Municipal da Família e Desenvolvimento Social, que realiza semanalmente reunião com os moradores, integrando-os no projeto e realizando o acompanhamento técnico social para a realocação destas famílias.

Atualmente, 07 das famílias moradoras da área de risco, são beneficiadas pela Lei dos Benefícios Eventuais – Aluguel Social, pois moravam muito próximas a encosta, e possuíam residências em situação precária, essas famílias serão as primeiras a realizarem a mudança para o novo residencial.

(Matéria: Prefeitura de Turvo/com revisão).