Estado abre chamada pública de R$ 80 milhões para compras da agricultura familiar

8 de dezembro de 2021 às 19:04

As associações e cooperativas da agricultura familiar com interesse em participar do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), em 2022, podem inscrever os seus projetos de venda de gêneros alimentícios no Sistema Eletrônico Merenda para submissão de propostas da chamada pública.

A abertura acontece nesta quinta-feira (9) a partir das 8h e o período de inscrição se encerra às 17h do dia 13 de janeiro de 2022 (horário de Brasília). A previsão de investimento para essa contratação é de cerca de R$ 80 milhões.

O objetivo do processo é oferecer aos estudantes da rede estadual de ensino refeições com diversidade de alimentos, além de serem produtos in natura.

“A agricultura familiar entrega alimentos mais frescos e com um teor nutricional mais alto que aqueles produzidos em larga escala. Ao comprarmos produtos paranaenses, para as refeições do ano letivo inteiro, investimos na economia do Paraná”, disse o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), Marcelo Pimentel Bueno.

Os produtos oriundos da agricultura familiar também contribuem para preservar hábitos alimentares e culturais ao respeitar a produção local e têm maior aceitabilidade entre os estudantes das várias regiões do Paraná.

A compra dos produtos ainda promove geração de renda na área rural e estimula a continuidade das famílias no campo. Em 2021, cerca de 25 mil pequenos agricultores foram beneficiados com a contratação pela chamada pública. Foram quase R$ 75 milhões destinados para a compra de mais de 12,2 milhões de quilos de produtos da agricultura familiar.

O PNAE estabelece que no mínimo 30% dos recursos do programa destinados à alimentação dos estudantes sejam reservados para a compra de alimentos da agricultura familiar. No Paraná, esse índice é de 100% do valor.

ETAPAS – A chamada pública é composta pelas seguintes etapas: inscrição/cadastro dos projetos, classificação, habilitação e contratação.

As cooperativas e associações contratadas são responsáveis pela entrega direta nas escolas estaduais nos 399 municípios paranaenses. Entre os grupos de interesse de compra por parte do Estado estão frutas, hortaliças, temperos, legumes, verduras, tubérculos, leite, panificados, sucos, ovos, iogurte, doce em pasta, arroz e feijão.

Prudentópolis
16º
Tempo nublado
Ponta Grossa
16º
Chuvas esparsas
Guarapuava
14º
Tempo nublado
Curitiba
16º
Chuvas esparsas
Londrina
19º
Neblina
União da Vitória
15º
Tempo nublado
  • MORRE LOCUTOR ESPORTIVO SILVIO LUIZ, AOS 89 ANOS
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento do Sr. Manoel Vieira Ramos aos 86 anos.
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento da Sra. Leoni Ribeiro aos 74 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Davi Felema.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Marilene Schwab
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sr Valdomiro Doroch .
  • Parceria da Cresol e Associação da Agricultura Familiar de Guamiranga vai beneficiar agricultores do município
  • Campanha de doações do Estado já reuniu 11,5 mil toneladas ao Rio Grande do Sul
  • Detran-PR suspende aplicação de multa automática por não realização de exame toxicológico
  • Engenheiros da Sanepar chegam ao RS para prestar apoio técnico com abastecimento das cidades
  • Com 6 milhões de trabalhadores, Paraná alcança maior número de pessoas ocupadas da história
  • Mudanças climáticas: Paraná participa de debate sobre emissão de carbono no agro