Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Empresário Everaldo Manfron será homenageado com rua em seu nome, em Ivaí

27 de janeiro de 2022 às 16:36
Uma das novas ruas de Ivaí, rua Projetada I, passou a homenagear um ex-vereador e empresário bem sucedido do município, Everaldo Manfron, falecido há dois anos.

Uma das novas ruas de Ivaí, rua Projetada I, passou a homenagear um ex-vereador e empresário bem sucedido do município, Everaldo Manfron, falecido há dois anos.

O Projeto de Lei 1420/2021 entrou em vigor no final do ano passado, por meio da solicitação do vereador Rondi Jarski ao prefeito Idir Treviso.

Em publicação nas redes sociais de Rondi, muitas pessoas relembraram os serviços prestados pelo empresário e parabenizaram a iniciativa. Em um dos comentários, a moradora do município salientou “Homenagem mais que merecida. Não só por ter sido vereador, mas sim um grande empresário… Contribuiu muito pelos munícipes”, finalizou a mulher.

Everaldo era um empresário de Ivaí muito querido pela população. Com o falecimento, a esposa Luciane Suchodoliak assumiu a frente dos negócios. Em entrevista divulgada no Portal AgroRegional, Luciane comentou que está continuando o propósito que ela e o marido iniciaram. “Busco todos os dias dar prosseguimento ao que sempre fizemos com o Everaldo, que é trabalhar e evoluir em tudo o que ofertamos aos nossos clientes.”, explicou.

Família

Everaldo Manfron nasceu em Ivaí em 1972.

Filho de Neri Tereza Manfron, o jovem cresceu com os quatro irmãos Elcio, Edenilson, Emersom e Elisangela.

Anos depois, em 1997, se casou com Luciane Suchodoliak Manfron e tiveram dois filhos, Ana Danielly e Marcos Fabrício.

Carreira política

Everaldo iniciou na carreira política em 1996, sendo eleito vereador do município com 542 votos. No fim do mandato foi reeleito com 421 votos, se tornando o vereador mais votado nas duas eleições. Nas duas ocasiões, Manfron foi o Presidente da Câmara dos Vereadores de Ivaí.

Dois anos do caso

O empresário foi morto a facadas no dia 25 de janeiro de 2020, em um supermercado da cidade, enquanto trabalhava. O caso foi registrado por câmeras do estabelecimento. De acordo com uma matéria publicada no Portal G1 Paraná, um vereador de Ivaí foi apontado como principal suspeito do crime.

Everaldo chegou a ser conduzido até atendimento médico do Hospital Universitário de Ponta Grossa, mas acabou falecendo.