Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Guarapuava oferece kit de prevenção que ajuda a reduzir contágio do HIV/AIDS

15 de fevereiro de 2022 às 15:50
O kit, PrEP, é um importante instrumento para diminuir as chances das pessoas se infectarem, principalmente aquelas pessoas que podem ter um comportamento de risco

Com o avanço nos estudos, especialistas identificaram com o passar dos anos novas formas de prevenção ao HIV/Aids. Em Guarapuava, um desses métodos  chamado de Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) ao HIV,  já vem sendo disponibilizado semanalmente de forma gratuita pelo SAE (Serviço de Assistência Especializada).

“Esse serviço é benéfico à população, por ser mais uma forma de prevenção ao HIV. Existe todo um rol de exames que são oferecidos e realizados antes do paciente iniciar o tratamento, a pessoa passa por uma equipe multiprofissional, além de receber orientações sobre o assunto.  Com a adesão ao tratamento, a qualidade da vida sexual  melhora muito”,  ressaltou a enfermeira do SAE, Clarice Kunkel.

Segundo o Ministério da Saúde, a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP) consiste no uso de antirretrovirais (ARV) para reduzir o risco de adquirir a infecção pelo HIV. A eficácia e a segurança da PrEP já foram demonstradas em diversos estudos clínicos e subpopulações, e sua efetividade foi evidenciada em estudos de demonstração.

A Profilaxia Pré-Exposição não é uma barreira para outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), apesar de ter mais de 95% de eficácia na prevenção do HIV. Os especialistas reforçam que o uso da PrEP deve ser acompanhado de outras medidas eficazes, como o uso de camisinha. O tratamento tem como público prioritário às populações-chave, que apresentam risco mais elevado para a infecção.

“O PrEP é um importante instrumento para diminuir as chances das pessoas se infectarem, principalmente aquelas pessoas que podem ter um comportamento de risco. São aquelas pessoas que muitas vezes são levadas pelo momento, que acabam fazendo relação sem camisinha, profissionais do sexo, pessoas que tenham outros tipos de comportamneto que envolvam drogas e que tambem possam se contaminar pelo HIV vão ter essa proteção adicional”, enfatizou o médico responsável pelo atendimento com o método PrEP,  Hiagor Silva.

Para ter acesso a mais informações e agendamentos de consultas, entre em contato com o SAE.

(Matéria: Prefeitura de Guarapuava/Secom)