Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Taxa de mortalidade infantil em Guarapuava chega ao menor índice da história

16 de fevereiro de 2022 às 16:42
Segundo a prefeitura, em 2021 o registro foi de 7,35 óbitos a cada mil nascidos vivos

Guarapuava vem aprimorando ano a ano as ações de saúde para reduzir a taxa de mortalidade infantil no município. O resultado desse trabalho reflete na conquista do município de alcançar o menor índice histórico na taxa de mortalidade. Em 2021, o registro foi de 7,35 óbitos a cada mil nascidos vivos, superando o menor número conquistado em 2019, com o coeficiente de 8,96 mortes a cada mil nascidos vivos. Para o secretário de Saúde, Jonilson Pires, essa redução vem de um conjunto de políticas públicas que foram adotadas no município.

“A redução da mortalidade infantil é um indicador usado como base para avaliar a qualidade da assistência à saúde. Então, essa redução aponta que o nosso sistema de saúde como um todo melhorou a sua assistência. Isso se deve às políticas públicas de saúde que foram implementadas, investimos muito na capacitação dos profissionais, além de aprimorar toda a rede de atenção básica de saúde garantindo uma gestação de qualidade as guarapuavanas”, destacou o secretário de Saúde, Jonilson Pires.

A taxa de mortalidade infantil se refere ao número de crianças, a cada mil nascidas vivas, que falecem antes de completar um ano de idade. E os programas e ações municipais têm contribuído para essa redução durante os anos.

“Guarapuava tinha uma taxa de mortalidade infantil que se aproximava dos 20 em 2012. Com o passar dos anos foram tomadas medidas para a melhoria dos pré-natais e melhoria dos atendimentos assistenciais à saúde, como os programas Mamãe Guará,  programa Mãe Paranaense e o pré natal descentralizado que existe para criar toda uma rede de cuidado para essa mãe”, destacou o clínico geral,  Hiagor Silva.

Desde 2013, o programa Mamãe Guará fornece todos os exames do pré-natal para as guarapuavanas, e no pós-parto, os bebês recebem acompanhamento e cuidado necessário. Além disso, são disponibilizados atendimentos para a realização de pré-natal em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS).

(Matéria: Secom/Prefeitura de Guarapuava).