Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Júri em Pinhão condena réu denunciado pelo MPPR a 18 anos de prisão por duplo homicídio praticado no trânsito

17 de fevereiro de 2022 às 13:21
A pena final no júri foi fixada em 17 anos, 3 meses e 12 dias de reclusão e a 8 meses e 13 dias de detenção, além de 35 dias-multa.

Em Pinhão, no Centro Sul do estado, um homem que matou duas pessoas dirigindo embriagado e ainda lesionou uma terceira ocupante do veículo foi condenado a 18 anos de prisão em julgamento realizado no Tribunal do Júri.

O réu foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça da comarca, pelos crimes de duplo homicídio qualificado no trânsito (com dolo eventual), uma tentativa de homicídio qualificado com dolo eventual, furto, embriaguez e desobediência.

O caso ocorreu na madrugada de 1º de novembro de 2020.

O denunciado furtou um carro e, horas depois, dirigindo o veículo, recusou-se a atender a ordem de parada da policia militar e seguiu dirigindo em alta velocidade Bateu no carro das 3 vítimas– o casal que estava no veículo morreu dias depois no hospital, em decorrência dos ferimentos causados pelo acidente.

A pena final no júri foi fixada em 17 anos, 3 meses e 12 dias de reclusão e a 8 meses e 13 dias de detenção, além de 35 dias-multa.

Não foi concedido o direito de recorrer em liberdade: o réu foi preso à época dos fatos e segue detido para cumprimento da nova sentença ele também já era condenado por outros crimes, sendo que usava tornozeleira eletrônica na ocasião do acidente.