Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Marido tenta matar a esposa esganada em Prudentópolis

7 de março de 2022 às 09:10
Ainda relatou que o portão e a porta da residência estavam fechados, sendo que tentou fugir,  e o autor a pegou  pelos cabelos e deu um mata leão.  Relatou também que  a ameaçou dizendo: "eu vou preso, mas você vai para o cemitério".

A equipe deslocou até o Jardim Delmira, por solicitações de vizinhos, que ouviram uma mulher gritando por socorro.

No local a equipe visualizou uma mulher com machucados chorando e acenando em pedido de ajuda.

Ao visualizar a equipe policial o autor da agressão evadiu-se pulando um muro de fundos da residência, sendo que de pronto a equipe saiu do local e iniciou buscas para localizá-lo, sendo logrado êxito em localizá-lo em um terreno baldio.

Dada voz de abordagem, o qual acatou, sendo então realizada revista pessoal e não localizado nada de ilícito.

Foi verificado que o mesmo estava com ferimentos nos joelhos, os quais estavam sagrando, devido a ralados causados pelo muro que pulou.

Perguntado sobre o que ocorreu na residência, o mesmo disse ter se desentendido com sua mulher e não quis relatar mais nada.

foi dado voz de prisão ao mesmo, tendo em vista que  a vítima apresentava lesões.

A mesma relatou que  durante a discussão foi agredida com  um tapa no rosto, a qual tentou defender-se, porém não conseguiu, o qual a pegou a  pelos braços e a jogou na cama e passou a sufocá-la com um travesseiro, e em ato continuo tentou sufocá-la com as mãos no pescoço, sendo que a vitima conseguiu desvencilhar-se.

Ainda relatou que o portão e a porta da residência estavam fechados, sendo que tentou fugir,  e o autor a pegou  pelos cabelos e deu um mata leão.  Relatou também que  a ameaçou dizendo: “eu vou preso, mas você vai para o cemitério”.

Diante dos fatos foram encaminhados ambas as partes, para a delegacia de policia civil para as providencias cabíveis.