Cidade do Idoso de Irati tem ordem de serviço para início das obras assinada

15 de março de 2022 às 16:17

Na tarde de sexta-feira (11), o prefeito de Irati, Jorge Derbli, assinou a ordem de serviço para o início das obras da Cidade do Idoso, em cerimônia realizada nas dependências do CT Willy Laars. A deputada federal, Leandre Dal Ponte, e o deputado estadual, Artagão Junior, também assinaram a autorização da construção do primeiro complexo da terceira idade no Paraná.

A obra terá um custo total de R$ 7,379 milhões, sendo que mais de R$ 3,3 milhões foram destinados pelo Governo do Estado, com contrapartida municipal de pouco mais de R$ 4 milhões. Este será o primeiro complexo exclusivo para atendimento aos idosos no Paraná. Os usuários passarão o dia todo no local, com diversas atividades. Projeto semelhante a este existe em Chapecó (SC). A previsão é de que a obra fique pronta até o fim deste ano.

Derbli ressaltou que a assinatura da ordem de serviço é importante, mesmo com a obra já iniciada. Ele também destacou a importância do complexo para o atendimento às pessoas da terceira idade. “De uma altura da vida em diante, a cabeça pensa, mas o corpo não reage. Nós queremos correr e não podemos, queremos subir correndo uma escada e não podemos, mas devagarzinho, vamos. Assim, todos nós vamos ficar. Então, nós precisamos ter momentos de lazer, agradáveis na terceira idade, na velhice, na nossa vida. Qual familiar não quer que seu pai ou sua mãe viva e fique bem e tranquilo?”, justificou ele sobre a necessidade de olhar para os idosos.

O prefeito destacou, ainda, que este projeto poderá servir de modelo para outros municípios do Paraná e do Brasil. “Irati tem um projeto pioneiro que vai se replicar porque vocês vão ver a utilidade que a Cidade do Idoso terá e a quantidade de benefícios que vai trazer a estas pessoas”, pontuou.

O Centro de Eventos, onde foi realizada a assinatura, deve ser inaugurado para o Rodeio de Integração, que será realizado em julho, para comemorar os 115 anos de Irati. “Este Centro de Eventos faz parte da Cidade do Idoso. Aqui, vamos eventos, os bailinhos, os bingos, jogos, atividades físicas e de lazer. Vocês vão ver a quantia de coisas que nós teremos para oferecer aqui”, frisou o prefeito Derbli.

Além disso, os idosos terão também atendimento de nutricionista e médico e poderão praticar exercícios na Academia da terceira Idade. O local também terá praça e uma capela ecumênica. Segundo Derbli, serão gerados cerca de 50 empregos neste projeto. O governo do Estado ajudará o município no custeio para manutenção do complexo, desde que pessoas de outras cidades também possam utilizá-lo, a exemplo de Imbituva, município vizinho que foi representado no evento pelo prefeito Celso Kubaski.

A vice-prefeita, Ieda Waydzik, lembrou que a ideia para implantação do projeto foi um compromisso assumido com a população. “Hoje, é o começo da realização de um sonho muito grande, que começou na nossa campanha, quando a Leandre trouxe a ideia de que nós poderíamos ter, em Irati, um complexo social onde os nossos idosos pudessem passar seus dias com muito mais qualidade. Aqui, nesta obra que está se iniciando, queremos dar isto para os nossos idosos: qualidade de vida, atendimento diferenciado”, disse Ieda.

Para iniciar os atendimentos, os idosos passarão primeiro pelo posto de saúde, que será construído no local, para verificar a saúde. Depois, serão indicadas as atividades que eles poderão desenvolver. “As grandes beneficiadas serão as famílias iratienses, porque os idosos não representam um fardo, mas uma dificuldade que as famílias encontram para dar esta qualidade de vida a ele. A partir do momento em que tivermos o atendimento com gastronomia, saúde, bailinhos e bingos, sabemos que as famílias estarão mais tranquilas por saberem que o seu idoso estará sendo muito bem tratado”, comentou a vice-prefeita.

A deputada federal, Leandre Dal Ponte, propositora do projeto, destacou que esta obra representa um dos pontos mais importantes da sua trajetória política. “Fazer política para as áreas que são esquecidas, como a Assistência Social, para as pessoas que, muitas vezes, não são vistas com relevância, como as crianças, que não votam, e os idosos, que também algumas vezes não votam, não se tem interesse público para isto. Quando conseguimos inspirar as pessoas, mobilizar as lideranças e sensibilizar a área política de que estas coisas são importantes, isto não tem preço”, afirmou.

“Ver esta obra se realizando, de verdade, não temos palavras para expressar nossos sentimentos. Muito obrigada, Jorge e Ieda, e eu acredito muito que Deus se alegra com o trabalho de vocês. Mais do que a obra, o melhor que podemos fazer é cuidar bem do nosso povo, e eu tenho certeza de que isto está no coração, nas atitudes de vocês e nas ações que fazem”, completou a deputada.

O deputado estadual, Artagão Júnior, ressaltou que o governo do Estado está presente em Irati de forma objetiva e resolutiva. “Existe uma administração capacitada e organizada, com as contas em dia, que faz bons projetos, tem bons parceiros e, com isto, consegue chegar no governador Ratinho Júnior e liberar todos os recursos. Jorge, parabéns, você é um prefeito referência, que tem transformado Irati junto com a Ieda e o apoio dos vereadores, com a força dos funcionários. Este projeto, Leandre, é um dos teus legados que o teu trabalho, a tua equipe e você estará deixando para Irati, a região e o Paraná”, pontuou.

O presidente da Câmara, vereador Hélio de Mello, ressaltou que o projeto tem uma grande importância para os idosos de Irati. “Eu entendo que a vida é feita de várias fases, etapas e ciclos, queiramos ou não. Compete ao poder público, às pessoas que estão à frente dele, que têm a caneta e a possibilidade de articulação, buscar recursos e organizar estes espaços para atender a comunidade. O nosso prefeito foi tão feliz em utilizar este espaço aqui, onde será construído para ser utilizado, diariamente, pois este espaço vinha sendo utilizado poucas vezes ao ano”, frisou.

A presidente do Conselho Municipal do Idoso, Catarina Inês Canesso, destacou a importância desta obra. “Vocês não imaginam a felicidade do Conselho do Idoso, por meio da Assistência Social, é muito importante para nós neste momento. Eu não deixaria de ficar tão feliz e admirada, com muita gente aqui. Esta assinatura tem um valor muito grande. Vamos usufruir bastante e para o que precisar estaremos aqui”, afirmou a representante da população idosa iratiense.

Terceira Idade

De acordo com a estimativa de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 14% dos 61.088 moradores de Irati são da terceira idade, cerca de 8.500 pessoas. Destes, informou a prefeitura municipal, 84% residem no perímetro urbano e 16% na área rural. Já no contexto da Amcespar, também segundo o IBGE, a população nos 11 municípios do consórcio é de 224.959 habitantes, com 34 mil são idosos (15,11%).

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • 26º Natal Verdade começa na quarta (07), na Praça Firmo Mendes de Queiroz
  • Forças de salvamento fazem nova varredura na BR-376 e não encontram vítimas
  • Evento Terra das Cachoeiras segue até domingo (04) com comércio local e apresentações culturais
  • PRF apreende mais de 70kg de crack durante abordagem na BR 277, em Irati
  • Turismo religioso de Prudentópolis é pauta de encontro técnico em Foz do Iguaçu
  • Guamiranga e Rio Azul atingem nota máxima do TCE por transparência