Paraná vai aplicar a 4ª dose de reforço contra a Covid-19 na população acima de 80 anos

24 de março de 2022 às 17:47

Em reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Paraná (CIB-PR) realizada nesta quinta-feira (24), gestores da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e das secretarias municipais de Saúde aprovaram o início da vacinação da quarta dose de reforço contra a Covid-19 em idosos acima de 80 anos no Paraná.

A decisão seguiu a recomendação do Ministério da Saúde, anunciada nesta quarta-feira (23), por meio da Nota Técnica 20/2022.

Com a decisão, os 399 municípios paranaenses responsáveis pela aplicação das doses poderão vacinar os idosos assim que os imunizantes forem enviados pelo Governo Federal, direcionados para este público-alvo.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, participou da reunião, e disse que o processo de vacinação é dinâmico, e que seguir as recomendações dos órgãos competentes garante mais proteção à população. “Devemos estender a 4ª dose para população acima de 80 anos, mas estamos pleiteando no PNI que possamos estender para toda a população acima de 18 anos, de forma decrescente”, disse.

“Esperamos as doses que o Ministério da Saúde irá nos mandar. Os municípios são nossos parceiros e contamos com todos eles para efetuarem a busca ativa e que não deixemos de lado essa ação tão importante”, acrescentou

BCG

O setor de Imunização da Sesa também propôs uma oficina de multiplicadores para a vacina BCG, a ser replicada em todas as Regionais de Saúde, assegurando a busca ativa, para que nenhum recém-nascido deixe de ser imunizado nos primeiros dias de vida. Com a aprovação, por unanimidade, a capacitação terá início no dia 3 de maio.

“Esse tipo de pactuação é importante para todos os municípios. Estávamos com foco apenas na Covid-19, e agora temos de expandir novas ações para que outras doenças não tenham espaço no Paraná. Manter as crianças protegidas com o calendário vacinal em dia é fundamental”, disse o presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Ivoliciano Leonarchik.

PACTUAÇÕES

Foi aprovada a nova Linha Guia de Cuidado Materno Infantil do Paraná. Em sua 8ª edição, a proposta aumenta o valor do repasse para parto de risco habitual em 100% do praticado atualmente. Além desse aumento também foi anunciado o investimento de cerca de 30 milhões de reais na Rede de Atenção Materno Infantil.

Na mesma reunião, os membros da CIB aprovaram a indicação de hospitais do Estado para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde, a homologação dos municípios que receberão a Telecardiologia, um serviço de telediagnóstico que disponibiliza laudos de eletrocardiograma online, além do custeio de ações de vigilância, prevenção e controle das Ist/Aids e hepatites virais, do grupo de Vigilância em Saúde.

(Matéria: AENPr/com revisão).

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • 26º Natal Verdade começa na quarta (07), na Praça Firmo Mendes de Queiroz
  • Forças de salvamento fazem nova varredura na BR-376 e não encontram vítimas
  • Evento Terra das Cachoeiras segue até domingo (04) com comércio local e apresentações culturais
  • PRF apreende mais de 70kg de crack durante abordagem na BR 277, em Irati
  • Turismo religioso de Prudentópolis é pauta de encontro técnico em Foz do Iguaçu
  • Guamiranga e Rio Azul atingem nota máxima do TCE por transparência