Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

IAT realiza consulta pública para ampliação da área de preservação do Monumento Salto São João

25 de março de 2022 às 18:59
A consulta pública acontece na próxima quarta-feira (30), às 19 horas, no Auditório do Monumento Natural Estadual Salto São João.

Com base no Plano de Manejo elaborado pelo Instituto Água e Terra (IAT) em 2020, a área de preservação ambiental do Monumento Natural Estadual Salto São João pode ser ampliada em 13,5 hectares, chegando a um total de 55 hectares de conservação. A medição atual da área da Unidade de Conservação (UC) apontada pelo Instituto é de 41,5 hectares.

A proposta visa a proteção de remanescentes de vegetação existentes no entorno imediato da Unidade de Conservação, ampliando as possibilidades de conservação e conectividade entre comunidades bióticas da região.

A consulta pública acontece na próxima quarta-feira (30), às 19 horas, no Auditório do Monumento Natural Estadual Salto São João.

O diretor-presidente do IAT, Everton Souza, destaca que o diálogo e a aproximação com a sociedade tem sido uma prática constante em todas as linhas de ação do órgão ambiental.

“Temos procurado o setor produtivo, as organizações não governamentais, o Ministério Público do Paraná, entre outros setores, para entender os problemas existentes e buscar solução conjunta”, disse.

A área de estudo para ampliação pertence ao IAT e se integra no local onde está o mirante 1, Centro Receptivo, estacionamento, alojamento de pesquisadores e casa do Guarda Parque, estruturas essenciais para a recepção dos visitantes e para a gestão e fiscalização da UC.

O estudo desenvolvido para ampliação da área de preservação será apresentado com detalhes na consulta pública. O documento elenca a metodologia aplicada, aspectos da UC, uso e ocupação do solo e problemas ambientais decorrentes, clima, geologia, geomorfologia, hidrografia, meio biológico, situação fundiária e justificativa técnica. Ele já pode ser consultado AQUI.

MAIS AMPLIAÇÃO – O processo de consulta pública para ampliação do Monumento Natural Estadual Salto São João segue os mesmos moldes dos debates que foram realizados para ampliação do Parque Estadual Rio da Onça, no Litoral do Estado. O evento contou com a participação de mais de 50 pessoas da comunidade local.

“Por se tratar de uma ampliação de uma Unidade de Conservação em que as áreas já são pertencentes ao IAT, não temos problemas de desapropriação nem grandes conflito.

É uma grata satisfação ver o quanto as pessoas estão interessadas em participar desses processos, acompanhar e se envolver cada vez mais”, destacou o diretor de Políticas Ambientais da Sedest e do Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto.

SÃO JOÃO – O Monumento Natural Estadual Salto São João, localizado no município de Prudentópolis, na região Centro-Sul do Estado, é uma Unidade de Conservação do grupo de Proteção Integral.

A Categoria Monumento Natural é contemplada pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC), através da Lei nº 9.985, de 18 de julho de 2000, com o objetivo básico de preservar sítios naturais raros, singulares ou de grande beleza cênica.

A cachoeira do Salto São João é um dos locais públicos mais procurados do município, devido à facilidade de acesso e à beleza do seu conjunto paisagístico.

A formação de Floresta Ombrófila Mista Montana abriga importantes espécies da flora e da fauna locais típicas e ameaçadas, como a Araucaria angustifolia, árvore símbolo do Paraná.

O local também conta com trilha interpretativa com passarelas e pontes estruturadas em madeira, além de um mirante bem estruturado em seu interior, onde é possível observar a a Cachoeira Salto São João, de cerca de 84 metros de queda.

Ao longo da trilha existem espécies florestais nativas identificadas por placas, que proporcionam ao público a interpretação e construção autônoma de conhecimento sobre as espécies vegetais, como forma de educação ambiental.