Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Feminicídio em Irati: inquérito policial deve ser finalizado nos próximos 10 dias

31 de março de 2022 às 14:51
Ainda conforme o delegado, a pena para esse crime varia de 12 a 30 anos de prisão

Após o feminicídio no final da tarde de terça-feira (29), em Irati, o delegado de Polícia Civil do município, Paulo Ribeiro, informou que um inquérito policial sobre o caso está sendo formulado e deve ser finalizado em até 10 dias.

Conforme informações repassadas pelo delegado, um bombeiro que estava passando pelo local visualizou o casal e interviu na situação. Contudo, a mulher já havia sido atingida pelas facadas.

De acordo com o relato do autor ao delegado, ele estaria tentando reatar o relacionamento com a vítima e teria ido até o local para conversar. Porém, o indivíduo já estava portando a faca de aproximadamente 15 cm, no intuito de intimidá-la, antes de encontrá-la.

Em entrevista, Paulo comentou que o detido afirmou que tinha o intuito de atentar contra a própria vida depois do crime, mas foi contido.

“Faltam algumas dirigências pequenas, mas a gente tem um prazo de 10 dias legalmente falando para finalizar esse inquérito policial. O autor vai ser indiciado  pelo crime de Homicídio Qualificado pelo feminicídio e por motivo fútil”, contou o Paulo.

Ainda conforme o delegado, a pena para esse crime varia de 12 a 30 anos de prisão. Agora, “O sujeito deve ser levado a júri, assim que for decidido pelo Juiz a data e a própria denúncia do Ministério Público”, explicou.

Entenda o caso

O fato aconteceu no fim da tarde de terça (29) rua Dona Noca, no Centro de Irati. Segundo o boletim da Polícia Militar do município, a mulher foi morta pós receber seis facadas.

O Instituto de Criminalística e o IML foram acionados para irem até o local. O autor foi conduzido até a delegacia.

(Matéria: Samilli Penteado).