Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Criminosos causam terror em Guarapuava; cinco veículos e armamentos já foram apreendidos

18 de abril de 2022 às 15:56
A Prefeitura de Guarapuava se manifestou na manhã desta segunda-feira (18); Três pessoas ficaram feridas durante os ataques e disparos foram escutados pelos moradores de diferentes bairros do município

A população de Guarapuava passou por uma noite de domingo (17) turbulenta, com tiros e carros sendo queimados. Isso por que por volta das 22h de ontem, cerca de 30 criminosos tentaram assaltar os cofres da transportadora de valores ProFort, no bairro Dos Estados.

Os autores atearam fogo em veículos e os posicionaram na BR 277, na tentativa de trancar as entradas a cidade, além de dois terem sido postos próximos ao 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), impedindo a ação das equipes.

Durante o ocorrido, que seguiu até a madrugada desta segunda-feira (18), diversos disparos foram escutados pelos moradores de diferentes bairros do município.

Três pessoas ficaram feridas durante os ataques, dois policiais e um civil. Um dos PM’s foi atingido por um disparo em uma das pernas, já o outro no rosto.

Rayra Gabriela Stasiu (21 anos), prudentopolitana, havia chegado em Guarapuava cerca de 30 min antes do início da ação dos criminosos. “Por volta das 23h eu acredito que eu acordei e eu não entendia o que estava acontecendo, por que eu estava ouvindo muito alto o barulho e tiros e bombas, grito de pessoas e não conseguia identificar de onde estavam vindo”, relatou a jovem, que mora no bairro Vila Carli, ao Portal Nossa Gente.

Nesse mesmo momento, algumas informações sobre o caso já estavam sendo veiculadas em redes sociais e aplicativos de mensagem nos celulares dos guarapuavanos. Contudo, foi na manhã desta segunda-feira (18), em uma coletiva de imprensa, que a Prefeitura de Guarapuava, a Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) se manifestaram e orientaram a população sobre o ocorrido. Até que isso acontecesse, informações sem apuração estavam sendo encaminhadas. “Muita notícia falsa, isso que me assustou bastante. Dizendo que eles estavam vindo para os bairros, assaltando as casas… foi deixando as pessoas mais nervosas”, comentou Rayra.

Coletiva

Conforme informações divulgadas pelo secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Rômulo Marinho Soares, os sujeitos não conseguiram entrar nos cofres da transportadora e fugiram da cidade pela área rural.  Parte da quadrilha seguiu pela PR 466, sentido ao distrito da Palmeirinha, e outra parte fugiu pela BR 277, sentido Goioxim, segundo matéria publicada no portal NH Notícias.

Ainda durante a divulgação do caso, o secretário salientou que não havia pessoas dentro da ProFort no momento da ação.

No decorrer da coletiva veiculada nas redes sociais da Prefeitura de Guarapuava, o comandante-geral da Polícia, coronel Hudson Leôncio Teixeira, salientou que até às 10h de hoje (18) haviam sido apreendidos pelo menos cinco veículos utilizados pelos criminosos, nove armas, duas metralhadoras ponto 50, mochila com medicamentos e mantimentos.

Para o comandante do 16º BPM, Joas Marcos Carneiro Lins, o planejamento de segurança pública do Paraná auxiliou para que não houvessem mais feridos. “Optamos por fazer um cerco, não colocando colocando a sociedade em risco por conta do forte armamento que esses marginais estavam de posse (…) Peço para que os amigos da área rural para que passem as informações para nós de qualquer tipo de movimentação, informação, pode ligar anonimamente, cumprindo com o papel de apoiar a PM”, relatou o comandante Joas em um áudio encaminhado pelo BPM.

BR 277

À imprensa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que um caminhão foi incendiado (pelos criminosos) na BR 277, km 362, e que, além disso, um Jeep/Compass teria colidido contra o mesmo. Não houve feridos.

O fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros e o veículo removido pelo guincho do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), por volta das 5h10.

(Matéria: Jornalista Samilli Penteado/com informações divulgadas pela PM e PRF****)