Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Tribunal do Júri de Guarapuava condena a 20 anos de prisão homem denunciado por feminicídio contra a ex-namorada

5 de maio de 2022 às 15:25
O réu já estava preso desde a época do crime. Com a condenação, a prisão foi mantida, e ele não poderá recorrer da sentença em liberdade

O Tribunal do Júri de Guarapuava, no Centro-Sul do estado, condenou a 20 anos e 15 dias de reclusão um homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná por feminicídio (homicídio cometido contra mulher, por sua condição feminina, no âmbito da violência doméstica e familiar) e homicídio tentado. O réu foi condenado também ao pagamento de R$ 50 mil de indenização aos ascendentes e descendentes da vítima fatal, sua ex-namorada.

Conforme a denúncia, oferecida pela 6ª Promotoria de Justiça da comarca, os crimes ocorreram em 23 de julho de 2021. A vítima havia sido perseguida pelo homem, abrigando-se na residência de um casal. O denunciado entrou no local e a atacou, matando-a com golpes de punhal. Ele ainda atingiu o morador da casa, que foi ferido ao tentar socorrê-la.

O réu já estava preso desde a época do crime. Com a condenação, a prisão foi mantida, e ele não poderá recorrer da sentença em liberdade.

(Matéria: Comunicação MPPR)