Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Deputada Cristina Silvestri denuncia irregularidades no IML de Guarapuava

17 de maio de 2022 às 16:27
Entre elas, falhas estruturais, falta de equipamentos, escassez de pessoal e armazenamento incorreto de provas periciais

A deputada estadual Cristina Silvestri (PSDB) denunciou uma série de irregularidades encontradas no Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava. Entre elas, falhas estruturais, falta de equipamentos, escassez de pessoal e armazenamento incorreto de provas periciais. Em pronunciamento na sessão plenária desta segunda-feira (16), ela cobrou providências da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

As irregularidades, registradas com fotos e vídeos, foram constatadas em uma visita técnica feita pela Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná na última semana. As imagens mostram, por exemplo, piso quebrado, falta de revestimentos nas paredes e jalecos rasgados. “Além disso, a única sala para atendimento é pequena e não oferece privacidade às vítimas”, completa Cristina Silvestri.

Outro problema grave é a falta de um refrigerador para o armazenamento de provas periciais. “Atualmente, os materiais ficam em uma geladeira comum, trancada com um cadeado que pode facilmente ser quebrado. Isso é um desrespeito aos profissionais do IML e um descaso com a segurança pública”, lamentou a deputada.

“As condições precárias do IML de Guarapuava não são novidades para ninguém. Levei esse problema inúmeras vezes à Sesp e sempre ouvi a promessa de que os problemas seriam resolvidos”, disse a parlamentar, que protocolou um requerimento pedindo soluções imediatas.

O IML de Guarapuava atende 19 cidades e tem a quarta maior demanda do estado, atrás apenas de Curitiba, Londrina e Ponta Grossa.

(Matéria: Assessoria).