Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Governador anuncia convocação de 2,4 mil bombeiros e policiais militares e ampliação das vagas

27 de junho de 2022 às 14:33
A expectativa da Secretaria é que os novos policiais e bombeiros militares tomem posse até agosto e estejam disponíveis para as atividades de formação. O anúncio foi feito durante uma cerimônia na Academia Policial Militar do Guatupê

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta segunda-feira (27) a contratação de 2 mil policiais militares e 400 bombeiros militares aprovados no concurso público realizado pela Secretaria da Segurança Pública no ano passado. Ratinho Junior anunciou ainda a ampliação do número de vagas previstas, com o chamamento de mais mil candidatos, de acordo com a ordem de classificação no processo seletivo.

A expectativa da Secretaria é que os novos policiais e bombeiros militares tomem posse até agosto e estejam disponíveis para as atividades de formação. “Estamos convocando mais 2.400 policiais e bombeiros militares, que passam a integrar as duas instituições e vão passar por um processo de formação da Academia do Guatupê. Ainda nesta semana vou convocar também mais mil pessoas que passaram no concurso público. No total, serão 3,4 mil novos militares que vão entrar na nossa corporação”, disse Ratinho Junior.

O anúncio foi feito durante uma cerimônia na Academia Policial Militar do Guatupê, em São José dos Pinhais (RMC), que marcou a entrega de novos veículos para ampliar a frota das forças de segurança, além de anunciar novas contratações também para a Polícia Civil.

“É um fortalecimento da segurança pública do Estado, uma modernização que fazemos com novas viaturas, helicópteros, drones e inclui que também o aumento do contingente”, afirmou. “Segurança pública é feita de duas formas: com a presença física do policial, e também com tecnologia e inteligência”.

“Essas contratações efetivadas pelo Governo do Estado em todas as polícias vão trazer um impacto muito positivo, permitindo um replanejamento das instituições policiais. A segurança pública é um desafio constante, e as instituições têm que focar seus esforços para baixar os índices de criminalidade”, explicou o secretário estadual da Segurança Pública, Wagner Mesquita.

A ampliação do efetivo, ressaltou ele, fará diferença nas ruas. “A presença do policiamento preventivo e ostensivo é muito importante. Assim que esses novos policiais estiverem prontos para ir para as ruas, a Polícia Militar terá um tempo de resposta menor e uma presença muito maior, e os crimes de ocasião tendem a cair muito”, afirmou.

(Matéria: AENPr/com revisão).