Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Paraná registra mais 2.666 casos e 35 óbitos pela Covid-19

6 de julho de 2022 às 16:53
Nesta quarta, 638 pessoas estão internadas nos leitos SUS (146 em UTIs e 492 em leitos clínicos/enfermaria), seja por suspeita ou diagnóstico de Covid-19 ou de outras síndromes respiratórias agudas graves

O Estado do Paraná divulgou nesta quarta-feira (6) 2.666 casos confirmados e 35 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram 2.628.295 casos confirmados e 43.657 mortos pela doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de julho (2.183), junho (259), maio (68), abril (3), março (10), fevereiro (21) e janeiro (103) de 2022; dezembro (1), novembro (1), setembro (1), julho (3), maio (1), março (5), fevereiro (1) e janeiro (1) de 2021; e dezembro (3), julho (1) e junho (1) de 2020.

Os óbitos divulgados nesta data são de julho (12), junho (2), março (3), fevereiro (11) e janeiro (5) de 2022; e outubro (1) e julho (1) de 2021.

INTERNADOS – Os dados de internamentos incluem todos os pacientes com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e suspeitos ou confirmados da Covid-19.

Nesta data, 638 pessoas estão internadas nos leitos SUS (146 em UTIs e 492 em leitos clínicos/enfermaria), seja por suspeita ou diagnóstico de Covid-19 ou de outras SRAGs.

ÓBITOS – A Sesa informa a morte de mais 35 pacientes. São 17 mulheres e 18 homens, com idades entre 35 e 92 anos. Os óbitos ocorreram entre 7 de julho de 2021 e 5 de julho de 2022.

Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (6), Londrina (4), União da Vitória (2), Ipiranga (2), Curiúva (2), Telêmaco Borba, Rolândia, Reserva, Ponta Grossa, Pitanga, Paula Freitas, Ortigueira, Lupionópolis, Jussara, Jacarezinho, Imbaú, General Carneiro, Cornélio Procópio, Colombo, Cianorte, Castro, Cascavel, Cambé e Cafelândia.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 11.470 casos de residentes de fora do Estado, 241 pessoas morreram.

Confira AQUI o informe completo.

(matéria: AENPr/com revisão).