Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Paraná registra mais 2.834 casos e 18 óbitos pela Covid-19

15 de julho de 2022 às 14:15
562 pessoas estão internadas nos leitos SUS (147 em UTIs e 415 em leitos clínicos/enfermaria), seja por suspeita ou diagnóstico de Covid-19 ou de outras Síndromes Respiratórias Agudas Graves

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (15) 2.834 casos confirmados e 18 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 2.651.249 casos confirmados e 43.935 mortos pela doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de julho (1.812), junho (719), maio (99), abril (27), março (8), fevereiro (45) e janeiro (76) de 2022; setembro (1), agosto (1), julho (3), junho (9), abril (13) e março (5) de 2021; e dezembro (6), novembro (1), agosto (7), julho (1) e junho (1) de 2020.

Os óbitos divulgados nesta data são de julho (5), junho (2) e março (1) de 2022; outubro (1) de 2021; e dezembro (1), novembro (1), setembro (1), agosto (5) e julho (1) de 2020.

INTERNADOS

Os dados de internamentos incluem todos os pacientes com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e suspeitos ou confirmados da Covid-19.

Nesta data, 562 pessoas estão internadas nos leitos SUS (147 em UTIs e 415 em leitos clínicos/enfermaria), seja por suspeita ou diagnóstico de Covid-19 ou de outras SRAGs. Estes dados podem ser consultados diariamente clicando AQUI.

ÓBITOS

A Sesa informa a morte de mais 18 pacientes. São cinco mulheres e 13 homens, com idades entre 48 e 90 anos. Os óbitos ocorreram entre 29 de julho de 2020 e 14 de julho de 2022.

Os pacientes que morreram residiam em Londrina (2), Ibaiti (2), Curitiba (2), Apucarana (2), Toledo, São Miguel do Iguaçu, Rebouças, Maringá, Marechal Cândido Rondon, Jaguapitã, Guarapuava, Carlópolis, Campina Grande do Sul e Assaí.

FORA DO PARANÁ

O monitoramento da Sesa registra 11.549 casos de residentes de fora do Estado – 241 pessoas morreram.