Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Prudentópolis participa do Congresso Sul Brasileiro de Apicultura e Meliponicultura

15 de julho de 2022 às 17:51
Na oportunidade a Dayanne Louise, com a profa. dra. Ana Lea Macohon Klosowski, da Unicentro, apresentaram um trabalho científico sob o tema: Mel de Prudentópolis: Processo de Construção da Indicação Geográfica

Nos dias 01 e 02 de julho, ocorreu, na cidade de Chapecó – Santa Catarina, o 2º Congresso Sul Brasileiro de Apicultura e Meliponiculta (COSBRAPIM), o 2º Simpósio dos Produtores de Colmeia e o 3º Encontro Catarinense de Apicultores e Meliponicultores (ECAM).

Este evento reuniu muitos produtores de mel do Brasil, contando, ainda, com a presença de diversos produtores e empresários de diferentes Estados.

Prudentópolis esteve presente, com participação da médica veterinária da Prefeitura Municipal, Dayanne Louise do Prado, do técnico agrícola, Rubens Turra, e do presidente da  Associação Prudentopolitana de Apicultores e Meliponicultores (Apam), Tarcízio Kraiczek, além de membros da diretoria, produtores de mel e empresários, e do seu chefe de unidade do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), Marlon Tiago Hladczuk.

O evento teve o objetivo de fortalecer o associativismo, difundir novas tecnologias, incrementar a criação de abelhas e seus produtos, sensibilizar e orientar para a importância das abelhas para o agronegócio e para a sociedade.

Naquela oportunidade a Dayanne Louise, da prefeitura, com a profa. dra. Ana Lea Macohon Klosowski, da Unicentro, apresentaram um trabalho científico sob o tema: Mel de Prudentópolis: Processo de Construção da Indicação Geográfica.

A Construção da Indicação Geográfica do mel de Prudentópolis, é um trabalho desenvolvido por um grupo de gestores local e, com a participação de orientadores de diferentes entidades que busca a conquista da certificação geográfica de nossa produção de mel, o que trará uma garantia ao consumidor, comprovando que o produto é genuíno e possui qualidade particulares, agregando valor econômico e proporcionando maior rentabilidade aos nossos produtores.

O chefe da unidade local do IDR, Marlon Tiago Hladczuk, também ministrou Minicurso sobre o tema Manejo e colheita mecânica de mel e melíponas.

(Matéria: Assessoria/com revisão Nossa Gente**)

Foto: Reprodução