Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Olimpíada Rural de Turvo reúne provas em equipes, shows de artistas locais e cantores nacionais

9 de setembro de 2022 às 15:41
O evento segue até o domingo (11); Nas edições passadas a Olimpíada Rural de Turvo recebeu uma estimativa de 15.000 pessoas

Após dois anos sem, devido a pandemia da Covid-19, este ano o evento voltou e promete ser a maior Olimpíada de todas. Com shows gratuitos de Portal Gaúcho, Fiduma Jeca, Ana Castela e Zé Felipe, os quatro dias de evento estão repletos de diversão e entretenimento para o público.

A Olimpíada Rural começou nesta quinta-feira (08), sendo aberta com o show do Grupo Portal Gaúcho.

Sexta-feira, dia 9 de setembro será aberta a 9ª edição da ExpoTurvo, já a noite terá o desfile e premiação da Garota Turvo 2022. E a partir das 23h quem comanda a festa é a dupla Fiduma & Jeca.

O sábado promete, dia 10 de setembro tem início as provas da X Olimpíada Rural de Turvo, com os esportes mais curiosos que você já viu. A primeira edição da ExpoMate também acontece no sábado, e a noite artistas locais promovem o Festival Cultural. Já a partir das 23h30, Ana Castela sobe no palco para o show da noite.

No domingo, dia 11 de setembro, acontece o maior gaitaço e mateada da região, por isso gaiteiro, prepara tua gaita e a turma vem com o chimarrão. Já o almoço vai ser com a típica costelada. E a partir das 22h, pra fechar a maior Olimpíada Rural da história, Zé Felipe comanda o show de encerramento.

Como surgiu a Olimpíada Rural?

As olimpíadas rurais iniciaram no ano de 2009, surgindo com os objetivos de valorizar o homem do campo oriundo da agricultura familiar e o fortalecimento do espírito de associativismo entre os agricultores e as comunidades, pois a administração pública trabalha com a ideia do bem comum, e a associação é um dos instrumentos que viabilizam o poder público auxiliar o produtor. Proporciona o entrosamento e lazer entre as comunidades rurais, pois até então não havia nada em específico que aliasse um divertimento quanto à formação.

A Olimpíada para o produtor é proporcionada em dois momentos sendo: O primeiro de cunho formativo através de palestras para aperfeiçoamentos de técnicas agrícolas, motivacionais e de valorização ao homem do campo. A segunda está relacionada ao lazer, diversão e resgate cultural de práticas do cotidiano que são desenvolvidas através da realização das provas.

Os participantes são os associados ao CMDR (conselho municipal de desenvolvimento rural) a partir desses associados são formadas aproximadamente dez equipes para participarem da realização das provas, as equipes são aproximadamente de 30 a 50 pessoas.

As provas são elaboradas com atividades do dia a dia do homem do campo e resgatando outras que no decorrer do tempo já não são tão comuns. As provas foram modificadas e alteradas com o passar dos anos levando em consideração as que proporcionam menos risco ao produtor.

Nas edições passadas a Olimpíada Rural de Turvo recebeu cerca de 15.000 pessoas.

(Matéria/Imagens: Pref. de Turvo; com revisão**).