Mais de 100 famílias de assentamentos rurais de Guarapuava recebem Contrato de Concessão de Uso (CCU)

29 de setembro de 2022 às 17:52

Na manhã desta quinta-feira (29), mais de 100 famílias moradoras dos assentamentos São Pedro, Rosa, Bananas e Carolina, receberam o contrato de concessão de uso (CCU) e estão mais próximas de realizar a regularização de suas propriedades.

A ação faz parte do Projeto Regularização Fundiária, que já existe dentro da Secretaria de Agricultura do município, e busca conceder aos moradores a posse provisória das propriedades, por meio de documentos. A partir de então, eles têm condições de pedir as matrículas dos terrenos, muitos deles que estão irregulares há vários anos.

Desde que tomou posse, o prefeito de Guarapuava, Celso Góes, destaca que regularizar as propriedades rurais do município faz parte de seu plano de gestão. Ele considera que um terreno que passa de pai para filho, por exemplo, carrega em si uma herança extremamente rica de sentimentos e de interesses que vão muito além dos econômicos.

“É claro que queremos que a renda das famílias melhore. Quem vive da terra, precisa receber pelo seu trabalho que é pesado, que é difícil, mas muito gratificante. No entanto, a regularização desses terrenos vai além disso. Este documento devolve às famílias a identidade, a dignidade, o amor pela terra. Tudo isso só soma para que o homem do campo, a mulher do campo, mantenham o interesse e o amor pelo lugar. É isso o que estamos fazendo. É isso que faremos. Com o documento em mãos, essas famílias poderão fazer convênios, contrair empréstimos, além de terem a certeza de o lugar lhes pertence”, disse o prefeito.

O procurador do município, Orides Negrello Neto, enalteceu a ação realizada e viabilizada pelo chefe do executivo municipal, por meio da Secretaria de Agricultura. Ele ressalta ainda, que a ação é de extrema importância não só para os moradores dessas localidades, mas para a sociedade de Guarapuava, pois possibilita organizar, com documentos, diversas situações dessas pessoas. “Eu estou muito feliz em poder estar presente aqui hoje neste evento. Quero dizer que o sonho de regularizar as propriedades rurais, não é só de vocês produtores, mas também é um sonho do nosso prefeito, do secretário de Agricultura Itacir (Vezzaro), que não mediram esforços e conseguiram viabilizar esta ação tão importante para vocês e também para o nosso município”, ressaltou o procurador.

O Secretário de Agricultura, Itacir Vezzaro, explica sobre a importância desta ação e declara o apoio que a Secretaria oferece aos produtores rurais. “São muitas famílias presentes aqui nesta manhã com o mesmo sonho. E posso afirmar que torná-lo realidade está mais perto do que imaginam. Para mim, como secretário, que conheço de perto cada família aqui presente, é ainda mais especial, poder realizá-lo junto a vocês. E declaro que a prefeitura de Guarapuava e a Secretaria de Agricultura, estão ao lado do produtor não somente na ação de hoje, mas apoia diversos outros projetos como produção de hortifruti, produção de morangos, as agroindústrias familiares, projeto ovinocultura, entre tantos outros”, destacou o secretário.

O gestor do programa Titula Brasil, no Serviço de Regularização Fundiária do Incra/PR, Rogério Magalhães de Oliveira, disse que a ação realizada faz parte do processo de regularização do Incra. “O documento recebido por vocês aqui hoje, irá transferir o imóvel rural de maneira provisória e irá garantir o acesso à terra. (Vocês também terão acesso) aos créditos oferecidos pelo Incra, em parceria com o Governo do Estado (ITCG), proporcionando aos produtores acesso a políticas públicas, financiamentos e programas oficiais de apoio à produção e garantia previdenciária. Importante ressaltar que agora este documento não tem prazo de validade como havia antes”, explicou.

Darci Antonio Ribeiro, de 71 anos, produtor rural e morador há mais de 30 anos do Assentamento Carolina, contou emocionado o que representa para ele receber o contrato e poder realizar a regularização de sua propriedade. “Eu moro há mais de 30 anos no assentamento e nunca consegui realizar este sonho, que não é só meu, mas também da minha esposa que hoje já não se encontra mais entre nós. Então por isso agradeço poder estar aqui hoje e fico muito emocionado em poder estar aqui hoje”, descreveu o morador.

Além desta ação que foi realizada pela manhã, ainda nesta quinta-feira, no período da tarde foram entregues documentos para moradores dos assentamentos rurais: Bananas, Rosa e Europa.

(Matéria: Pref. de Guarapuava).

Foto: Pref. de Guarapuava

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • Homem abandona moto ao fugir da PM, em Imbituva
  • Rompimento de adutora afeta abastecimento de água em Imbituva
  • Resultado do Vestibular 2023 já está no site da Unicentro
  • Vagas de emprego disponíveis na Agência do Trabalhador nesta segunda (05), em Prudentópolis
  • Prudentópolis registra 31 novos casos de Covid-19; 20 estão ativos
  • 16º Batalhão da Polícia Militar lança Operação Natal