Projeto que utiliza animais como terapia auxilia no tratamento de pacientes no Paraná

6 de outubro de 2022 às 08:02

Cães e gatos podem ser muito mais do que grandes companheiros, eles podem auxiliar no tratamento de muitas doenças. É disso que se trata o projeto Amigo Bicho, que leva animais a hospitais, orfanatos, associações de saúde e lares de idosos com o objetivo de melhorar respostas às terapias convencionais. O projeto também auxilia na autoestima, na saúde física, social, emocional e funções cognitivas de pacientes de todas as idades que sofrem com diversos tipos de doenças.

Criado em 2005 pela médica veterinária Letícia Séra Castanho, o Amigo Bicho é o assunto desta semana no programa Assembleia Entrevista, da TV Assembleia. “Notamos que podemos fazer alguma coisa boa usando os animais. Eles trazem sensação de bem-estar. A interação é muito melhor quando se trata deles. Iniciamos com uma visita a um lar de idosos com dois voluntários. A resposta foi tão positiva que iniciamos o projeto”, contou ela. A conversa com a coordenadora do Amigo Bicho vai ao nesta quinta-feira (06), às 11 horas, na TV Assembleia.

Durante o bate-papo, Letícia Castanho explicou que os benefícios da utilização de animas na terapia são comprovados, já que auxiliam na socialização das pessoas e em tratamentos de pacientes com necessidades especiais. Segundo a especialista, os bichos ajudam na diminuição da ansiedade de doentes e auxiliam pacientes com doenças graves, como o mal de Parkinson ou de Alzheimer. “Percebemos uma melhora na coordenação motora, pois ocorre a mudança do foco, fazendo com que o público reaja melhor. O contato com animais faz com que o corpo libere oxitocina, que é o hormônio do bem, diminuindo hormônios de estresse”, contou.

Muitos devem achar estranha a ideia de cachorros dentro de hospitais, mas uma legislação aprovada pela Assembleia Legislativa do Paraná colabora com o projeto. A Lei 18.918/2016 autoriza o ingresso de animais domésticos e de estimação nos hospitais privados, públicos, contratados, conveniados e cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS) com sede no Paraná.

Além disso, para visitar os pacientes, Letícia explicou que os bichos são avaliados tanto em seu comportamento quanto na capacidade socialização. Também precisam passar por avaliação do estado de saúde e são treinados para desempenhar a função. “O cão terapeuta precisa ser dócil. Muitos são treinados desde filhotes e qualquer raça pode participar. Os animais passam por uma triagem e treinamento, pois tanto o cão quanto o tutor voluntário precisam ter o perfil adequado. A partir disso, começamos a trabalhar”.

Atualmente, o projeto conta com 75 voluntários, beneficiando mais de seis mil pacientes por mês, de mais de 15 hospitais. Qualquer pessoa, com ou sem animal, pode se voluntariar. Já os cães precisam estar com as vacinas e a saúde em dia, além de passar por um teste de comportamento. Quem tiver interesse, basta entrar em contato por meio das redes sociais do projeto.

A entrevista completa pode ser conferida na programação da TV Assembleia e nas redes sociais do Legislativo. O Assembleia Entrevista ouve pessoas da comunidade que se destacam por trabalhos e serviços que prestam à população. A atração, que vai ao ar às quintas-feiras, às 11 horas, com reprises ao longo da semana, tem como cenário o Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná.

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • Homem abandona moto ao fugir da PM, em Imbituva
  • Rompimento de adutora afeta abastecimento de água em Imbituva
  • Resultado do Vestibular 2023 já está no site da Unicentro
  • Vagas de emprego disponíveis na Agência do Trabalhador nesta segunda (05), em Prudentópolis
  • Prudentópolis registra 31 novos casos de Covid-19; 20 estão ativos
  • 16º Batalhão da Polícia Militar lança Operação Natal