Com obras em fase final, novas casas serão entregues de graça a 34 famílias de Rio Azul

8 de outubro de 2022 às 09:00

Trinta e quatro famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social em Rio Azul, na região Centro-Sul do Paraná, deixarão para trás as condições precárias onde residem ao receberem nas próximas semanas as chaves de suas novas moradias. Elas foram beneficiadas pelo programa estadual Vida Nova, coordenado pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar).

O projeto recebeu cerca de R$ 3 milhões de investimento do Governo do Estado por meio do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. Os recursos são usados para subsidiar integralmente o custo dos imóveis aos beneficiários.

De acordo com o chefe do escritório regional da Cohapar, Elmar Vornes, a construção do conjunto habitacional já está com mais de 99% do cronograma de obras concluído. “As obras estão praticamente concluídas e na próxima semana teremos a vistoria final. Provavelmente até o fim de outubro será autorizada a entrega das moradias às famílias”, diz Vornes.

Os trabalhos estão sendo executados por uma empresa contratada via licitação pela Cohapar. A companhia fiscalizou todas as etapas da obra, cadastrou e selecionou os beneficiários, em parceria com a Prefeitura de Rio Azul, que também doou a área onde o conjunto está sendo construído como forma de contrapartida para viabilização do projeto.

As famílias foram selecionadas entre as inscritas no cadastro da Cohapar com renda de até três salários mínimos. “A Cohapar fez a análise e classificou as famílias para atender aqueles mais vulneráveis do município”, afirma o chefe do escritório regional da companhia. “Entre elas, estão pessoas que moram em áreas de risco, condições precárias ou que pagam aluguel excessivo”, acrescenta Vornes.

VIDA NOVA – O programa habitacional foi criado durante a atual gestão estadual para atender a parcela mais carente da população paranaense. No momento, além de Rio Azul há obras em andamento em Jandaia do Sul, na região do Vale do Ivaí, onde estão sendo construídas 75 casas, e de outras 16 unidades em Floraí, na região Norte.

Os projetos somam quase R$ 11 milhões em investimentos estaduais e a previsão é de que sejam ampliados a partir de 2023, conforme previsto no Plano de Governo. A contratação depende da oferta de áreas adequadas pelas administrações municipais.

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • Homem abandona moto ao fugir da PM, em Imbituva
  • Rompimento de adutora afeta abastecimento de água em Imbituva
  • Resultado do Vestibular 2023 já está no site da Unicentro
  • Vagas de emprego disponíveis na Agência do Trabalhador nesta segunda (05), em Prudentópolis
  • Prudentópolis registra 31 novos casos de Covid-19; 20 estão ativos
  • 16º Batalhão da Polícia Militar lança Operação Natal