Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Três indígenas morrem afogados na tentativa de atravessar um rio, no município de Nova Laranjeiras

13 de outubro de 2022 às 09:05
De acordo com a informação do resgate dos corpos, a correnteza estava tão forte que eles foram localizados sem as roupas, às margens do rio na Comunidade Nossa Senhora do Rocio, no bairro Jacutinga

A cidade fica entre Guarapuava e Cascavel, com acesso pela BR-277. Três indígenas (duas mulheres e um homem) teriam sido arrastados pela correnteza do Rio das Cobras, que atravessa o município.

Eles pertenciam à Aldeia Campo do Dia de Nova Laranjeiras, na região Centro-Oeste do Paraná, e foram encontrados mortos nesta quarta-feira (12/10) pelo Corpo de Bombeiros.

De acordo com a informação do resgate dos corpos, a correnteza estava tão forte que eles foram localizados sem as roupas, às margens do rio na Comunidade Nossa Senhora do Rocio, no bairro Jacutinga.

A região é habitada por índios, até com existência do Colégio Rural Estadual Indígena Rio das Cobras.

O relato é que eles tentaram atravessar e foram levados pela correnteza.

Conforme o Corpo de Bombeiros, devido à força da água e resultado das fortes e volumosas chuvas que caíram na região entre segunda e terça-feira, não conseguiram se segurar e foram levados pelas correnteza.

As três vítimas foram identificadas como Cleusa Kykag Domingos, Lurdes Pedroso e Beto Cornélio Machado. Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava.

O corpo de Beto estava distante cerca de 70 metros rio abaixo dos corpos das mulheres. Os indígenas foram localizados presos nos galhos ou enterrados na lama, segundo o relato do Corpo de Bombeiros. Lideranças das tribos estiveram no local e reconheceram as vítimas.

É habitual a população da aldeia se utilizar das estradas e carreiros da região, inclusive cruzando riachos, para fazerem compras.