Governador defende expansão das políticas de sustentabilidade em encontro com prefeitos

17 de novembro de 2022 às 14:06

O Paraná quer se consolidar cada vez mais como exemplo de sustentabilidade no Brasil e no mundo. Esse foi o destaque do governador Carlos Massa Ratinho Junior na abertura oficial do encontro Governo 5.0 — Desenvolve Paraná — Sustentabilidade a Serviço da População, nesta quinta-feira (17), em Foz do Iguaçu.

O evento reúne prefeitos dos 399 municípios, secretários de Estado e deputados e tem a sustentabilidade como tema principal. O encontro é promovido pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR), com apoio do Governo do Estado.

“Esta é a oportunidade de consolidar a conquista do Paraná como o Estado mais sustentável do Brasil, fruto do trabalho feito com o Legislativo e com os prefeitos para criar um ambiente em que a preservação seja respeitada”, afirmou o governador. “Sustentabilidade não é um ponto final, mas um caminho que deve ser percorrido diariamente por todos nós, gestores públicos.

O mundo enfrenta os desafios das mudanças climáticas e passa por uma transformação energética sem precedentes, o que exige grandes esforços de toda a sociedade para construir políticas mais inovadoras”.

“Esse planejamento de sustentabilidade e o rigor na lei para multar crimes ambientais têm feito o Paraná um destaque na sustentabilidade. Estamos crescendo economicamente com responsabilidade ambiental. É o que queremos expandir cada vez mais”, complementou Ratinho Junior.

Por dois anos consecutivos, o Paraná foi considerado o Estado mais Sustentável do Brasil, de acordo com o Ranking de Competitividade dos Estados, e também recebeu o reconhecimento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) como exemplo global de sustentabilidade.

As conquistas são reflexos de programas que buscam a conservação do meio ambiente, a geração de energia limpa e a preservação das espécies nativas. Entre eles estão o Paraná Mais Verde, que faz o plantio de árvores nativas, o Rio Vivo, voltado ao repovoamento das bacias hidrográficas do Estado com peixes nativos, e a Estratégia Paraná de Olho nos ODS, que acelera a implementação da Agenda 2030 nas cidades.

O Governo do Estado também desenvolve o programa Sinais da Natureza, uma parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar).

Com orçamento de R$ 3,4 milhões e parcerias com instituições de pesquisa, ele desenvolve projetos e ações para ajudar a frear as mudanças climáticas. Para 2023, a previsão é aumentar o trabalho, que deverá resultar no Plano Estadual de Ação de Mudanças Climáticas e no Marco Regulatório de Carbono.

DESAFIOS – Mas os desafios ainda são grandes e envolvem todos os municípios, salientou Ratinho Junior. Ele disse que é preciso buscar alternativas para projetos de gestão do lixo e dos aterros sanitários, para ampliar os índices de saneamento em todo o Estado — que já tem uma média superior à nacional — e também para construir cidades cada vez mais inteligentes, que coloquem as pessoas em primeiro plano.

“A proposta desse encontro é nos ajudar a pensar o Paraná não só para os próximos quatro anos, mas para as próximas décadas. É com as pequenas coisas que vamos transformar o Estado em referência em sustentabilidade”, disse. “E o meu compromisso com todos os prefeitos e prefeitas do Paraná é trabalhar, nos próximos anos, estar próximo e levar muitos investimentos aos municípios”.

Para o presidente da AMP e prefeito de Jesuítas Júnior Weiller, esse planejamento conjunto é que fará com que os municípios avancem na área. “Temos um governo amigo, que apoia os municípios paranaenses para que possamos continuar crescendo e desenvolvendo nossas cidades com sustentabilidade e geração de renda”, completou.

O superintendente estadual do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, destacou como as práticas sustentáveis impactam nas empresas, inclusive nas de pequeno porte. “A sustentabilidade pode ser lucrativa para os pequenos negócios, ao mesmo tempo em que reduz os impactos ambientais e acrescenta valor social a uma empresa e a toda a cadeia produtiva. É uma nova forma de pensar. Temos que trilhar esse caminho”, afirmou.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano, o papel do legislativo estadual na agenda de sustentabilidade é na criação e aprovação de leis que, além da proteção do meio ambiente, também tragam segurança a gestores e investidores.

“Precisamos ter legislações para estabelecer políticas públicas fortes, que deem segurança jurídica a todos os que querem investir no Paraná, tendo a inovação e sustentabilidade como diretrizes”, arrematou.

QUARTA ECONOMIA – Aliar sustentabilidade ao desenvolvimento econômico está entre os motivos que fizeram com que o Paraná chegasse à quarta maior economia do País, afirmou Ratinho Junior. O Estado atingiu, em 2020, um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 487,93 bilhões e ultrapassou o Rio Grande do Sul na economia nacional.

“Atingimos o maior PIB da história e posicionamos o Paraná como a quarta principal economia do Brasil, conquistando uma das metas da nossa gestão”, ressaltou. “Isso é fruto de muito trabalho, planejamento e colaboração do poder público e de toda a sociedade: os comerciantes, empresários, autônomos e todos os trabalhadores paranaenses que ajudam o Estado a se transformar nessa potência econômica”.

O IBGE também divulgou nesta quinta-feira os dados do relatório trimestral da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), que mostram que o Paraná atingiu a menor taxa de desemprego desde 2014.

“Estamos com uma taxa de desocupação de 5,3%, o que significa que estamos próximos ao índice de pleno emprego. Isso demonstra a força da nossa economia e do trabalho dos paranaenses”, completou o governador.

GOVERNO 5.0 – O encontro Governo 5.0 é promovido pela AMP e pelo Sebrae/PR, com apoio do Governo do Estado. Iniciada na quarta-feira (16), a programação segue até sexta-feira (18) e vai contar com workshops e palestras com nomes como Leandro Karnal e Willian Rigon.

Ele acontece paralelamente à 27ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP27), no Egito, o que mostra que o Paraná e seus municípios estão na vanguarda dessas discussões, antenados aos movimentos da sociedade.

O evento tem patrocínio da Assembleia Legislativa do Paraná, Itaipu Binacional, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Celepar, Cohapar, Compagás, Gov Fácil, Inesfly, Copel, Fomento Paraná, Itaipu Binacional, Portos do Paraná e Sanepar.

PRESENÇAS – Participaram da abertura oficial do evento o chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega; os presidentes da Confederação Nacional dos Municípios, Roberto Zilkoski; do Conselho Deliberativo do Sebrae/PR, Fernando Moraes; e do Movimento das Mulheres Municipalistas do Paraná, a prefeita de Astorga Suzi Pucillo; e demais autoridades, como deputados estaduais, deputados federais, secretários, superintendentes, prefeitos, vereadores, diretores e servidores do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa.

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • NOTAS DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni Paz comunicam os falecimentos
  • Homem abandona moto ao fugir da PM, em Imbituva
  • Rompimento de adutora afeta abastecimento de água em Imbituva
  • Resultado do Vestibular 2023 já está no site da Unicentro
  • Vagas de emprego disponíveis na Agência do Trabalhador nesta segunda (05), em Prudentópolis
  • Prudentópolis registra 31 novos casos de Covid-19; 20 estão ativos
  • 16º Batalhão da Polícia Militar lança Operação Natal